Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos

5 alimentos para ajudar a imunidade no inverno

O inverno começou oficialmente, neste dia 21 junho. Mas o frio chegou bem antes para nós que somos acostumados com dias de sol e calor. Por isso, a gripe já visitou muitas casas e está todo mundo querendo saber sobre formas de melhorar a imunidade no inverno.

Uma delas está no seu prato sabia? 

Com a ajuda da nutricionista Maria Fernanda Kawabata, nós listamos 5 alimentos para ajudar a imunidade no inverno. Sim, pois além das frutas cítricas, temos outras opções encontradas em supermercados e que ajudam a fortalecer o sistema imune em diferentes aspectos.

Alimentos para ajudar a imunidade no inverno

www.juicysantos.com.br - Alimentos para ajudar a imunidade no inverno

  1. Gengibre

Acha o gengibre azedo? Nós também, mas ele é rico em vitamina C, vitamina B6 e antioxidantes.

Em outras palavras: come com cara feia, mas come.

O gengibre ainda possui ação bactericida, antiinflamatória e antisséptica, o que fortalece as defesas do organismo.  A sugestão é comer uma colher de gengibre ralado duas vezes por dia ou tomar chá de gengibre.

  1. Couve

A couve ajuda a eliminar impurezas, mandando embora o que é ruim. Além disso, serve como um ótimo antiinflamatório, ajuda na cicatrização e na renovação das células do organismo.

  1. Tomate

Tomates aportam licopeno – um antioxidante fundamental para prevenir o câncer e no combate a outros tipos de tumores. Também protege o coração das doenças cardiovasculares.

  1. Alho e cebola

Ambos têm função imunoprotetoras, antiinflamatórias e antioxidantes. Além disso, são ricos em selênio e zinco, que protegem contra o aparecimento de doenças.

  1. Inhame

O inhame atua diretamente na defesa do organismo, oferece ação antioxidante, bactericida e ajuda na limpeza de impurezas e toxinas. Dica: use em sucos no café da manhã, em jejum, além de incrementar sopas, tapioca e até sorvete com o ingrediente.

Não é só a alimentação

Vale lembrar que, além do consumo regular desses alimentos, é preciso manter uma atividade física constante, reduzir o estresse e adotar hábitos mais saudáveis. Consumir alimentos prejudiciais em excesso também contribui para que a imunidade fique mais frágil.