Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
37 anos - Santos (SP)

Companhia Santista de Dança parte para a Holanda em busca de prêmio

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

  • 225
    Shares

Assistir à coreografia Vozes Caladas em um ensaio no Teatro Coliseu causou na gente emoção e muito orgulho.

O número em questão será apresentado do outro lado do mundo – mais especificamente na Holanda – pela Companhia Santista de Dança. E nós estamos na torcida por esses 15 bailarinos que vão representar a cidade na 4ª edição do AmsterDans International Competicion.

O grupo santista desembarca na capital holandesa no no sábado. E, além da apresentação em grupo (de Laura Moeckel), terá dois solos nos palcos do festival. Hermes e Zarina têm os bailarinos Jeferson Souza e Bárbara Manaia, respectivamente, mostrando seu talento, com coreografia de Rafael Luz.

www.juicysantos.com.br - cia santista de dança compete na holanda

A rotina de treinos tem sido intensa nos últimos meses para os integrantes. Eles ensaiam uma média de 5 horas diárias, cinco dias por semana.

“Tivemos que reduzir as férias deles, pois a responsabilidade é muito grande. E o frio na barriga também”, comentou de forma bem-humorada a diretora da companhia, Patricia Ricci.

Fazem parte do grupo que vai para Amsterdam: Alicia Siqueira, Amanda Ferreira, Anita Siqueira, Beatriz Pontes, Bárbara Manaia, Bruna Gravina, Giovanna Moya, Gyovanna Soares, Izadora Brience, Jeferson Souza, Julia Meneguete, Luana Ricci, Maria Beatriz Fernandes, Thaina Viriato e Victória Oliveira, além de Patrícia Ricci e Melissa Ricci.

www.juicysantos.com.br - coreografia vozes da cia santista de dança da secuult

O que é a Companhia Santista de Dança

O grupo faz parte da Escola Livre de Dança, gerenciada pela Secretaria de Cultura do município

São selecionados alunos da escola entre os mais de 300 crianças e jovens. Eles fazem aula de dança gratuitamente na cidade.

Durante as aulas da Escola Livre de Dança, há orientação sobre a parte técnica, trabalho físico, coreografias e outros elementos que dão base para os alunos se tornem bailarinos. No entanto, o trabalho desenvolvido no local vai muito além da dança.

www.juicysantos.com.br - ensaio da companhia santista de dança no teatro coliseu em santos sp

“Tudo aquilo que eles aprendem na dança pode ser utilizado na vida. Muitos ex-alunos seguiram carreira na dança, mas isso não é o mais importante. Acima de qualquer coisa, nossa equipe quer formar cidadãos.”, definiu Patrícia Ricci.

Portanto, se você quer dançar na escola ou conhece alguma criança ou jovem que vai amar aprender ballet e dança contemporânea, tem que ficar ligado nas inscrições. Geralmente, elas abrem no início de cada ano.