Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Fique em casa: esse guia completo da quarentena em Santos vai te ajudar

  • 8
    Shares

Na última semana, despertamos para a necessidade de prevenir o avanço do coronavírus na Baixada Santista. Primeiramente, rolou um isolamento voluntário de algumas pessoas. Logo em seguida, o poder público também adotou uma série de medidas restritivas.

A quarentena em Santos e região já é uma realidade.

Somos uma região com uma alta população de idosos – então, o achatamento da curva de proliferação do vírus se faz mais do que necessário, com iniciativas que podem, às vezes, parecer drásticas.

Mas nós estamos preparados para viver esse período de isolamento social?

www.juicysantos.com.br - guia da quarentena em santos coronavírus

Não. A verdade é que ninguém está 100% pronto para ficar em casa… Porém, a necessidade se tornou maior do que a vontade própria e o ser humano tem a habilidade de se adaptar. Neste caso, a sua nova rotina conta com esse guia completo da quarentena em Santos 🙂

A quarentena em Santos é real

Para começar, vamos entender como está a situação na região.

Até o momento, não existe nenhum caso confirmado de coronavírus em Santos. Mas, são 101 suspeitos – sendo deles 11 estão internados. Em Praia Grande, o último número divulgado é de 67 casos sendo monitorados; em Guarujá são 29; em Bertioga 15 casos são acompanhados; São Vicente tem 12 suspeitos no total e Peruíbe 9; a lista segue com 4 casos em Cubatão, três em Itanhaém e dois em Mongaguá.

Por conta destes números, o Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) definiu uma série de medidas restritivas. Em resumo, as medidas incluem:

  • Fechamento de shoppings, casas noturnas, academias e templos religiosos;
  • Proibição total do acesso às praias – tanto de munícipes quanto de turistas e ambulantes, barracas, cadeiras e guarda-sol;
  • Redução do atendimento em restaurantes, bares e lanchonetes;
  • Incentivo ao delivery;
  • Restrição total do funcionamento da rodoviária – exceto para profissionais de saúde, assistência social e segurança;
  • Suspensão das atividades de hotéis e pousadas. Além do controle dos imóveis de veraneio.

De acordo com Paulo Alexandre Barbosa, prefeito de Santos e presidente do Condesb, as medidas são necessárias já que São Paulo é o epicentro do coronavírus no Brasil e estamos tendo uma curva de crescimento maior que a da Itália.

“Embora não tenhamos, ainda, casos confirmados, é preciso se prevenir. A responsabilidade nos exige tomar medidas mais rigorosas para preservar a vida das pessoas. Fazemos um apelo para que as pessoas fiquem em casa, que tenham a dimensão e a consciência da gravidade que estamos vivendo”, afirma.

Mas, afinal, o que é o coronavírus?

Essa pergunta ainda está na sua cabeça? Calma, a gente te explica!

De acordo com informações do Ministério da Saúde, o coronavírus pertence a uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O COVID-19, o motivo da nossa quarentena de todos os dias, é a doença infecciosa causada pelo mais recente coronavírus descoberto. As pessoas infectadas por esse vírus apresentam os seguintes sintomas:

  • Febre;
  • Tosse seca;
  • Dificuldade de respirar;
  • Fadiga.

www.juicysantos.com.br - o guia da quarentena em santos

Aparentemente, estamos falando de sintomas simples, né? E, de fato, cerca de 80% dos infectados se recuperam da doença sem precisar de um tratamento especial. A grande questão sobre o coronavírus é a facilidade da transmissão e como o vírus se comporta em pessoas idosas e com outras comorbidades, como hipertensão e diabetes.

+ Se você quiser saber todos os detalhes do coronavírus, nós indicamos esse podcast!

Em outras palavras: o isolamento não é sobre o individual, e sim sobre o coletivo.

Como sobreviver à quarentena em Santos

Dito isso, vamos ao que interessa: como serão os próximos dias em casa.

Antes de mais nada, vale dizer que não há a necessidade de estocar comida e papel higiênico. Não é um apocalipse zumbi, apenas um isolamento para diminuir o número de infectados. Mercados e farmácias vão continuar funcionando normalmente durante a quarentena. Ou seja, dá para fazer compras quando for necessário, tá?

Seu cotidiano também não deve ter grandes mudanças no que diz respeito à alimentação e atividades físicas.

De acordo com a nutricionista Luciana Marchetti, neste período, o importante é manter uma alimentação baseada em ingredientes frescos e evitar ao máximos os ultraprocessados. Pois essa é a melhor maneira de manter o sistema imunológico forte. Ela também indica, se possível, exposição ao sol e atividades físicas.

“Quem já pratica atividade física ou exercícios dirigidos, deve continuar para evitar maiores danos a aptidão física e manter o sistema imunológico fortalecido. Porém quem não praticava exercício físico, não deve começar agora”, explica o educador físico Ricardo Leal.

De acordo com ele, o início de exercício de alta intensidade ou apenas uma quebra na homeostase geral do organismo é suficiente para causar um desequilíbrio no sistema imune.

Ainda segundo ele, aqueles que forem manter as atividade físicas na rotina precisam se atentar às suas limitações. Além disso, ele indica que evitem exercícios quem não tenha certeza sobre sua execução.

“São atitudes importantes para evitar acidentes e, consecutivamente, a necessidade de procurar ajuda médica” comenta.

Pessoas com patologias pré existentes, ortopédicas ou fisiológicas devem procurar um profissional capacitado para acompanhar sua atividade e prescrever de maneira segura e eficiente”.

Ele finaliza com dicas para quem vai treinar em casa. Entre elas, estão, por exemplo, usar o peso do próprio corpo e objetos que fazem parte da rotina. Uma toalha pode substituir o colchonete. Já mochila cheia, com mantimentos como arroz e feijão, pode gerar sobrecarga para agachamentos. Além disso, o cabo de vassoura ajuda em exercícios de mobilidade e alongamento.

A academia Smart Fit liberou alguns treinos na plataforma Treine em Casa, pra ninguém ficar parado.

O que fazer em casa durante a quarentena

Como não dá para preencher todo o tempo ocioso com atividades físicas, você ainda terá muitos períodos tediosos nessa quarentena. A não ser que siga algumas das nossas dicas sobre o que fazer em casa durante a quarentena em Santos.

Dá para, por exemplo, aproveitar a quarentena para:

  • Conhecer talentos de Santos na música;
  • E também no audiovisual;
  • Ler livros (inclusive de graça);
  • Dar um up no currículo com cursos gratuitos
  • Colocar a lista da Netflix em dia
  • Arrumar o armário
  • Aprender uma nova habilidade no YouTube
  • Conhecer museus e seus acervos pela internet

Enfim, existem várias possibilidades que podem te tirar do tédio. Inclusive alguns museus ao redor do mundos disponibilizaram vista online gratuita. Em outras palavras, dá para viajar por aí do sofá da sua casa.

E com as crianças…

Assim como muitas empresas liberaram os funcionários para trabalhar em casa, a criançada também está de molho. Ou seja, você precisa dar conta do home office e ainda entreter a molecadinha.

Difícil? Se você seguir essas dicas, talvez nem tanto.

Camila Genaro, contadora de histórias aqui de Santos, por exemplo, está contando histórias todos os dias no Facebook e no Instagram. As transmissões ao vivo acontecem sempre às 15 horas e são gratuitas. Basta acessar as redes sociais e aproveitar. O melhor: todos os dias a história ou livro será diferente e decidido por uma enquete prévia. Ou seja, não tem como os pequenos enjoarem.

Além disso, várias brincadeiras lúdicas podem ser feitas. Todas as nossas sugestões estão aqui 🙂

Pequenos empreendedores em tempos de quarentena

Com todo mundo evitando sair de casa, os pequenos negócios – que são a maioria por aqui – têm um grande desafio pela frente: manter fluxo de caixa. Como nós já alertamos no Instagram, é importante que ter isso em mente e, se possível, priorizar o consumo desses pequenos negócios.

É preciso sair de casa para isso? Não! Muitos empreendedores entenderam a necessidade de se adaptar neste momento e estão priorizando o serviço de delivery. Aliás, alguns inclusive só estão operando desta maneira, para proteger tanto os clientes quanto os colaboradores.

Com tudo isso, ficar em casa vai ser uma missão mais leve e todos voltaremos a nos abraçar em breve.