Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Santa Casa de Santos pede apoio para manutenção durante pandemia

Nós temos falado muito sobre ficar em casa.

Mas a verdade é que nem todo mundo tem esse privilégio, né? Neste grupo, estão os profissionais de saúde na linha de frente. E, nesse momento, nós precisamos cuidar de quem cuida de nós. Você já parou para pensar em como a segurança de quem trabalha nos hospitais de Santos está sendo feita? Pois é, nesse momento essa é uma reflexão mais do que necessária.

A Santa Casa de Santos, onde boa parte dos casos suspeitos de coronavírus em Santos estão sendo tratados, está precisando da sua ajuda para manter médicos, enfermeiros e outros trabalhadores em segurança durante a pandemia.

Que tal dar um suporte?

Santa Casa de Santos pede apoio durante  pandeia

Em resumo, o hospital precisa de ajuda na captação de recursos ou materiais de segurança que evitam a transmissibilidade do vírus.

juicysantos.com.br - Santa Casa de Santos pede apoio

De acordo com a divulgação, é necessário garantir as compras dos seguintes itens:

  • Máscara tripla;
  • Máscara N95;
  • Touca;
  • Avental Cirúrgico (nos tamanhos G e GG);
  • Luva procedimento M (sem talco);
  • Gorro;
  • Álcool Gel 70%;
  • Avental impermeável de manga longa;
  • Máscara total face;
  • Álcool Antisséptico espuma;

O orçamento para a compra destes itens na quantidade necessária para os 400 colaboradores é de mais de R$ 800 mil. E as compras garantem a segurança da equipe apenas no período de 30 dias. Ou seja, o apoio precisa acontecer até que a situação por aqui se normalize.

Como ajudar a Santa Casa de Santos durante a pandemia

Se você quiser ajudar, é possível tanto fazer doações em dinheiro quanto dos itens citados – desde que estejam dentro dos padrões do protocolo da Organização Mundial de Saúde.

Para fazer a sua colaboração ou pedir mais informações é só entrar em contato com os e-mails [email protected], [email protected] ou [email protected] Também dá para ligar nos seguintes telefones (13) 3202-697 e 99143-7713.

Se não der para ajudar, compartilhe a situação para que mais pessoas fiquem sabendo 🙂