Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

No livro, um refúgio: incentivo à leitura em hospital de COVID-19 no Guarujá

O pôr-do-sol visto do morro do Maluf, em Guarujá, é lindo.

Mas, por conta do isolamento social, essa imagem vive apenas na memória dos moradores e turistas da cidade. Quem está em casa pode, no entanto, assistir ao espetáculo pela janela. Os cerca de 102 pacientes internados por conta da COVID-19, porém, nem assim assistem à despedida do sol.

A rotina do coronavírus é pesada.

Mas eles encontram no livro, um refúgio

No hospital de campanha da cidade, instalado na Base Aérea (em Vicente de Carvalho), a leitura tem salvado quem não pode receber visitas e nem mesmo sabe como é o rosto dos médicos que os tratam.

juicysantos.com.br - No livro, um refúgio

A iniciativa ‘No livro, um refúgio’ surgiu da Organização Social Aceni, gestora do hospital, e mudou a rotina do local.

Para que todos encontrem entretenimento nas histórias desconhecidas, existem opções de diversos estilos literários diferentes. Quem sabe ler e tem condições para isso realiza a própria leitura. Se o paciente não for alfabetizado ou não tiver condições físicas, ouve a leitura feita pela equipe de assistência social.

“Há uma sensação única de gratidão por poder participar deste projeto e, ainda, contribuir na vida do paciente com um novo conhecimento”, relata Sâmela Maressa Caetano, uma das assistentes sociais que realizam leituras no local.

Enquanto não podem encontrar quem amam, os pacientes leem sobre o amor e imaginam o pôr-do-sol em viagens que fazem entre os títulos disponíveis.

Passatempo no Santo Amaro

Em Guarujá, além do hospital de campanha, o atendimento aos pacientes de COVID-19 também acontece no Hospital Santo Amaro. Por lá, Tamirys Mattos, psicóloga de 27 anos, percebeu a solidão dos pacientes e também buscou uma solução para que os dias passassem de maneira mais leve.

Assim nasceu um kit com atividades de passatempos.

Foi a própria profissional que desenvolveu as atividades e buscou patrocínio para montar os kits 🙂