Texto porVictória Silva
Jornalista, 28 anos - Santos

10 coisas que você não sabia sobre a Aparecida

O bairro da Aparecida é um dos mais populosos de Santos. Além disso, tem uma semelhança com o Monte Serrat (já falamos dele por aqui): as ruas ficam bem lotadas durante um feriado religioso, o dia da padroeira do país.

Se você acha que conhece toda a história dessa parte da cidade, o Juicy Santos está aqui para te mostrar que sempre há um detalhe para ser lembrado. Então, embarque com a gente nessa lista de 10 coisas que você não sabia sobre a Aparecida – mais uma matéria da nossa série de bairros santistas.

fonte do sapoFoto: Thiago Souto

1- O bairro foi criado em 1968.

2- Seu aniversário é comemorado em 14 de maio.

3- Seu nome tem origem na igreja homônima, que homenageia a padroeira do país e fica na Av. Afonso Pena, 350, entre os canais 5 e 6.

4- A Igreja da Aparecida existe desde 1937. Por lá, era comum o Padre Luís Araújo criar sessões com filmes de O Gordo e o Magro para as crianças – isso em uma época em que os cinemas ficavam distantes e custavam caro.

5- Nessa parte da cidade, eram comuns plantações de tomate, chuchu, couve e beterraba. A diversão das crianças estava em desafiar os vigilantes dos chalés e tentar roubá-los.

6- Os arredores da Praça Senador Coreia, Rua Felipe Camarão, Av. Pedro Lessa e Rua Alexandre Martins foram os primeiros a ser povoados.

7- Muitos chalés eram construídos com a madeira das caixas que embalavam os automóveis vindos do exterior através do porto. Alguns chalés, inclusive, continuam de pé até hoje, como na Av. Pedro Lessa e nas ruas paralelas, como a Alfaia Rodrigues e a Liberdade.

8- O BNH foi o primeiro conjunto popular do Brasil. A história dos prédios tem muito a ver com o golpe de 1964: naquele ano, os trabalhadores perderam muitos dos direitos que haviam conquistado. A revolta se tornou grande, principalmente entre os portuários de Santos. Para acalmar os nervos, o governo prometeu criar o Banco Nacional da Habitação.

A primeira cooperativa habitacional nasce em Santos e reúne sindicatos portuários, metalúrgicos, orla marítima e união sindical. Trata-se do BNH 001!

9- Os primeiros apartamentos foram entregues em 1970.

10- Entre as recordações mais queridas dos moradores, estão os colégios Afonso Pena e Lourdes Ortiz; Cine Popular; Bar do Tatu; e a Padaria Fluminense. Na orla, tem a Fonte do Sapo, que até hoje faz a alegria das crianças e adultos.

Bônus:

11- A primeira escola do bairro se chamava Escola da Dona Alice. Ela foi montada em uma casa do bairro, por irmãs que queriam ajudar os vizinhos a educar seus filhos.

* Esse conteúdo foi pesquisado na Hemeroteca de Santos. Vale a visita, se você gosta de saber mais sobre Santos ou precisa de alguma informação sobre a cidade e sua história.