Texto porFlávia Saad
41 anos - Santos (SP)

Feiras livres em Santos: onde tem?

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

Os cheiros, as cores, as vozes da feira… Seja pra abastecer a geladeira, comer o clássico pastel ou levar flores pra casa, poucos espaços de encontro se mostram tão democráticos quanto as feiras livres em Santos.

Você sabe qual é a origem das feiras?

As primeiras menções às feiras estão relacionadas com festividades religiosas. A própria palavra latina “feria”, que deu origem à palavra portuguesa “feira”, significa dia sagrado ou feriado.

Esses eventos nasceram na Europa da Idade Média e exerceram um papel crucial no desenvolvimento das cidades e no renascimento comercial do século XIII. Isso porque quando os agricultores não conseguiam vender seus excedentes nos mercados, trocavam-nos por outros produtos nas ruas, a preços mais baixos, nos modelos das feiras atuais.

No Brasil, a tradição veio com os portugueses na época da colônia. As feiras africanas eram populares, em que vendedoras negras negociavam produtos de agricultura, pesca e mercadorias caseiras. Porém, o comércio da época era, em grande parte, desorganizado e pouco higiênico.

www.juicysantos.com.br - feiras livres em santosFoto: Prefeitura Municipal de Santos

E de onde veio o modelo da feira livre todo dia?

Inspirado em modelos europeus, o prefeito do Rio em 1904, Pereira Passos, autorizou o funcionamento das feiras nos fins de semana e feriados. Doze anos depois, devido aos problemas de abastecimento decorrentes da Primeira Guerra Mundial, outro prefeito, Azevedo Sodré, incentivou e expandiu as feiras também para os dias úteis.

Em São Paulo, a Feira Livre foi oficialmente criada em 1914, reconhecendo uma prática existente desde meados do século XVII.

Histórias à parte, a real é que nada desperta o apetite como uma visita à feira livre, com sua rofusão de cores, aromas e texturas.

Em Santos, uma cidade que preserva sua autenticidade, dá pra encontrar feiras livres em Santos todos os dias, exceto às segundas-feiras. Apesar de causarem algumas agitações nas vias dos bairros, as feiras livres garantem aos seus frequentadores produtos frescos e de qualidade – sem contar o preço amigo. Aliás, muitos itens exclusivos só podem ser encontrados lá!

Marketing na feira livre? Tem sim

E já pecerbeu que os feirantes, impulsionados pela necessidade, são verdadeiros mestres na arte da negociação! Falando alto, eles divulgam seus produtos, preços e promoções. Se você estudar qualquer tendência atual de marketing e propaganda e, em seguida, visitar uma feira, vai perceber que eles dominam essas táticas há muito tempo…

Quase sempre passadas de geração em geração, muitas barracas são administradas por famílias há anos. Seja para frutas, verduras, carnes ou temperos, há uma organização cuidadosa para evitar a proximidade excessiva. Portanto, prepare-se para caminhar bastante, comparar preços e economizar uma grana – em especial, no fim da feira, a famosa “xepa”.

Hoje em dia, quase 100% das barracas da feira em Santos aceitam cartões de débito, crédito e Pix. Além disso, algumas fazem delivery em casa pra quem não tem tempo pra visitar a feira da rua.

Além das barracas tradicionais, você encontrará vendedores independentes vendendo alho, afiando facas e até estabelecimentos que se assemelham a lojas de variedades e coisas para a casa.

Não deixe de visitar as paradas obrigatórias: experimente o clássico pastel e tome um caldo de cana ou chá mate.

As feiras livres de Santos acontecem de terça a domingo.

Veja a seguir a lista das feiras em Santos por dia da semana e por bairro:

Feiras livres em Santos por dia da semana

Terça-feira

7h às 12h – Rua Frei Francisco Sampaio e Rua Jurubatuba
7h às 12h – Rua Osvaldo Cruz e Travessa Rua Dom Lara (entre as vias Epitácio Pessoa e Amilcar Mendes Gonçalves)

Quarta-feira

7h às 12h – Pça.Nossa Senhora Aparecida
7h às 12h – Rua Santos Dumont (entre a Pça.Fernandes Prestes e o Clube de Futebool Society)
7h às 12h – Rua Indalécio de Arruda Costa (entre as vias Adriano C. Tourinho e Pascoal Lembo)

Quinta-feira

7h às 12h – Av. Pedro Lessa (entre as vias Sen.Dantas e Frei Vital)
7h às 12h – Rua Vivaldo de Almeida Neri
7h às 12h – Rua Pedro Alvares Cabral e Travessas Rua Conselheiro Zacarias e, Rua D.Pe. I (entre as vias Carvalho de Mendonça e Reinaldo Porchat)

Sexta-feira 

7h às 12h – Rua Campos Melo e Travessas da Rua Luiz Gama e Borges (entre as vias Rodrigues Alves e Xavier Pinheiro)
7h às 12h – Av. dos Bancários e Travessa Rua República do Perú (entre as vias Pça Coração de Maria e Gen.San Martin)

Sábado

7h às 12h30 – Av. Afonso Schimidt (entre as ruas Armando A. Alcantara e Marcos Vendramini)
7h às 12h30 – Rua Delfin Moreira e Travessas Rua Vergueiro Steidel e Rua Ministro João Mendes (entre as vias Frei Francisco Sampaio e Conselheiros Ribas)
7h às 12h30 – Rua Marquês de São Vicente (entre o Canal 2 – Estação do VLT – ao Canal 01, até próximo do Sideral)

Domingo

7h às 12h30 – Rua Ricardo Pinto (entre as vias Pedro Lessa e Guaiaó)
7h às 12h30 – Rua Cardeal Arcoverde e Travessa Rua Cidade de Antioquia (entre as vias Afonso Pena e Cardeal Arcoverde)
7h às 12h30 – Rua Vidal Sion (entre as vias Ana Costa e Sen. Feijó)
7h às 12h30 – Av. Rangel Pestana (entre as vias Gastão Vidigal e Manoel Ferramenta Jr.)
7h às 12h30 – Rua Roberto Silveira (lado esquerdo da Pça. Dr. Jerônimo de La Terza)

Feiras livres em Santos por bairro

Aparecida
TER – 7h às 12h – Rua Frei Francisco Sampaio e Rua Jurubatuba
QUA – 7h às 12h – Pça.Nossa Senhora Aparecida
DOM – 7h às 12h30 – Rua Ricardo Pinto (entre as vias Pedro Lessa e Guaiaó)

Boqueirão
TER – 7h às 12h – Rua Osvaldo Cruz e Travessa Rua Dom Lara (entre as vias Epitácio Pessoa e Amilcar Mendes Gonçalves)

Castelo
SÁB – 7h às 12h30 – Av. Afonso Schimidt (entre as ruas Armando A. Alcantara e Marcos Vendramini)

Embaré
QUI – 7h às 12h – Av. Pedro Lessa (entre as vias Sen.Dantas e Frei Vital)
SÁB – 7h às 12h30 – Rua Delfin Moreira e Travessas Rua Vergueiro Steidel e Rua Ministro João Mendes (entre as vias Frei Francisco Sampaio e Conselheiros Ribas)

Estuário
QUA – 7h às 12h – Rua Santos Dumont (entre a Pça.Fernandes Prestes e o Clube de Futebool Society)
DOM – 7h às 12h30 – Rua Cardeal Arcoverde e Travessa Rua Cidade de Antioquia (entre as vias Afonso Pena e Cardeal Arcoverde)

Gonzaga
DOM – 7h às 12h30 – Rua Vidal Sion (entre as vias Ana Costa e Sen. Feijó)

Jabaquara
DOM – 7h às 12h30 – Av. Rangel Pestana (entre as vias Gastão Vidigal e Manoel Ferramenta Jr.)

Macuco
SEX – 7h às 12h – Rua Campos Melo e Travessas da Rua Luiz Gama e Borges (entre as vias Rodrigues Alves e Xavier Pinheiro)

Pompeia
SÁB – 7h às 12h30 – Rua Marquês de São Vicente (entre o Canal 2 – Estação do VLT – ao Canal 01, até próximo do Sideral)

Ponta da Praia
SEX – 7h às 12h – Av. dos Bancários e Travessa Rua República do Perú (entre as vias Pça Coração de Maria e Gen.San Martin)

Radio Clube
DOM – 7h às 12h30 – Rua Roberto Silveira (lado esquerdo da Pça. Dr. Jerônimo de La Terza)

Saboó
QUI – 7h às 12h – Rua Vivaldo de Almeida Neri (local provisório, por conta das obras na Nova Entrada de Santos)

Santa Maria
QUA – 7h às 12h – Rua Indalécio de Arruda Costa (entre as vias Adriano C. Tourinho e Pascoal Lembo)

Vila Belmiro
QUI – 7h às 12h – Rua Pedro Alvares Cabral e Travessas Rua Conselheiro Zacarias e, Rua D.Pe. I (entre as vias Carvalho de Mendonça e Reinaldo Porchat)