Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos

As minas estão no comando do TI em Santos e isso é incrível

Em 1974, a Universidade de São Paulo (USP) formou sua primeira turma de Ciências da Computação.

Naquela época, a turma era majoritariamente feminina. No total, 14 mulheres vestiram a beca e andaram até o púlpito em que os diplomas eram entregues. Apenas 6 homens fizeram o mesmo percurso naquela noite.

Décadas depois, o cenário no mundo da tecnologia é totalmente diferente. Agora, elas representam uma esmagadora minoria. No mesmo curso da USP, por exemplo, em 2016, eram apenas 6 entre os 41 alunos.

E os números se repetem, tanto em outros cursos da Universidade de São Paulo quanto em outras faculdades Brasil afora. E, é claro, também no mercado de trabalho. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), apenas 20% dos profissionais de TI que atuam no Brasil são mulheres. E é assim no mundo todo.

www.juicysantos.com.br - mulheres em TI em Santos

Aliás, Santos pode ser vista como uma espécie de exceção

Já que a cidade é a mais feminina do estado de São Paulo, nada mais justo do que elas estarem em grande quantidade em todos os lugares, certo? Não é bem assim ainda, mas ao menos no Departamento de Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicações (Detic) elas estão no comando.

Maria Augusta Bezerra da Silva é chefe do Detic. Eliana Marinho de Souza é coordenadora de Tecnologia da Informação. E, por fim, a Coordenadoria de Engenharia da Informação (Coengi) é chefiada por Geisa Bertacchini Silva.

juicysantos.com.br - minas estão no comando do TI em SantosAs minas estão no comando do TI em Santos/ foto: Isabela Carrari

Essa é a primeira vez que três mulheres estão nos principais cargos de gestão simultaneamente.

“Sempre valeu muito apostar na carreira de tecnologia, e hoje ainda mais porque temos essa dependência dela. As mulheres que têm propensão para a área devem levar em conta esta opção, sem se deixar influenciar se é um mundo masculino ou feminino”, comenta Maria Augusta.

Apesar de existir desde 1990, o Departamento de Informática – do qual ela está à frente – só teve uma mulher no comando, pela primeira vez, em 2020. Para além da minas estão no comando do TI em Santos na prefeitura, o Porto de Santos também está cheio de mulheres no comando.

Aqui no Juicy Santos, a gente contou a história da Evelyn Santos que, em resumo, é o cérebro por trás da operação da Santos Brasil. E várias outras mulheres também atuam por lá.

Mas ainda dá para melhorar

Apesar do fato até então inédito na prefeitura e da maior participação no porto, ainda não chegamos à equidade. Ainda mais quando levamos em conta que a pandemia só agravou as diferenças entre elas e eles no mercado de trabalho.

De acordo com o Mapa do Emprego Paulista, feito em 2017, 64,5% dos profissionais de tecnologia no estado são homens.

Em Santos, os números são 58,3% de homens contra 41,7% de mulheres. Para melhorar esses números, o único caminho é a educação. Vale desde incentivar as meninas a terem curiosidade sobre tecnologia até dar referências que vão além de Bill Gates e Steve Jobs.