Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

Ouça e aprenda com os três sobreviventes de Hiroshima em Santos

O horror de vivenciar uma das grandes tragédias da história da humanidade. A vida após a tormenta. Como evitar isso no futuro. Relatos como esses serão compartilhados pelos três sobreviventes de Hiroshima em Santos.

Takashi Morita, Kunihiko Bonkohara e Junko Watanabe estiveram por aqui no início do mês, em comemoração ao Dia da Luta pelo Desarmamento Nuclear. Agora, voltarão para falar sobre o ataque com bomba atômica na cidade japonesa de Hiroshima, ao qual sobreviveram. A vivência será dividida com o público em duas datas e formatos diferentes:

  • Palestra: sexta-feira, 16 de agosto, às 20 horas
  • Espetáculo teatral: sábado, 31 de agosto, às 20 horas

Se você ama história ou tem interesse pelo tema, não pode perder nenhum dos eventos. Então reserve as datas na sua agenda e continue a leitura. O Juicy Santos vai te explicar como garantir a sua vaga tanto na palestra quanto no teatro.

Ouça os sobreviventes de Hiroshima em Santos

Já reservou ambas as datas? Pois vamos ao detalhes.

juicysantos.com.br - sobreviventes de Hiroshima em SantosImagem: Reprodução

Primeiramente, no próximo dia 16 de agosto (sexta-feira), Junko Watanabe e Kunihiko Bonkohara ministram uma palestra na Unisanta. Além deles, o evento – que tem início às 20 horas – também contará com a presença de Rogério Nagai, idealizador do projeto Sobreviventes pela Paz e diretor da peça Os Três Sobreviventes de Hiroshima.

A palestra será seguida de bate-papo com o público. Para completar, rola a venda do livro A última mensagem de Hiroshima, escrito por Takashi Morita.

Apesar do evento ser gratuito, é necessário se inscrever online para garantir sua vaga!

Já no dia 31 de agosto, um sábado, os sobreviventes protagonizam a peça Os Três Sobreviventes de Hiroshima. A peça será apresentada no palco do Teatro Coliseu, às 20 horas. A montagem conta a história de forma documental, a partir dos depoimentos sobre aquele momento e como sobreviveram.

Ainda que trate de uma tragédia, o espetáculo teatral leva a uma reflexão sobre a paz, com uma forte mensagem de resiliência, perdão e superação. Além dos sobreviventes, a apresentação terá a participação do grupo musical Kyowa Daiko, de São Vicente.

Os ingressos custam R$ 60 (inteira) e podem ser adquiridos online ou então na Associação Japonesa de Santos. Se acaso ainda houver ingressos no dia da apresentação, estarão à venda na bilheteria do teatro.

Sobre os três sobreviventes

A história de Takashi, Kunihiko e Junko funciona como o ponto focal em ambos os eventos dos sobreviventes de Hiroshima em Santos. Mas, se você ficou curioso para saber como eles sobreviveram, o Juicy te conta.

Quando o ataque aconteceu, Takashi era soldado e estava a 1,3 km de distância do local onde a bomba caiu. Kunihiko tinha 5 anos e foi protegido pelo pai, que ficou ferido. E Junko tinha apenas 2 anos de idade e só soube que tinha sido impactada pelo ataque aos 38 anos, pois seus pais temiam preconceitos e represálias. Na manhã da explosão, ela brincava com um amigo na rua em uma vila a 18 km de Hiroshima. Um forte vento e a chuva negra se seguiram, atingindo o local.