Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

Peace Run traz a tocha da paz para Santos

A cidade de Santos é uma das 22 do Brasil que receberá a Corrida da Paz. Por aqui, o evento acontece na terça-feira, 18 de junho, e traz a tocha da paz para Santos.

Se você não quer perder a maior corrida de revezamento com tocha do mundo – que saiu de Bali (Indonésia), em janeiro – é só continuar a leitura. Pois o Juicy Santos vai te contar tudo a respeito do evento. Mas lembre-se: a passagem por aqui já acontece AMANHÃ!

Peace Run traz tocha da paz para Santos

Segundo os organizadores, essa é a primeira vez que a Corrida da Paz passará por todos os países do Hemisfério Sul do planeta. Por isso o Brasil está na lista e é representado por 22 cidades de diversas regiões.

Além de Santos, aqui na Baixada Santista também verão a tocha da paz Praia Grande e Bertioga.

juicysantos.com.br - Peace Run traz tocha da paz para SantosImagem: Reprodução

A corrida começou no país no dia 4 deste mês e segue até dia 28. Cidades como Joinville e Florianópolis já receberam a programação. Após a passagem por Santos e região, cidades como, por exemplo, Paraty e Rio de Janeiro recebem a corrida, que será finalizada no dia 28 deste mês em Niterói. Em seguida, a tocha da paz ruma à África.

De acordo com os organizadores, o objetivo do evento é promover a paz e a harmonia entre os países. Por isso, o revezamento com tocha acontecem em estradas, cidades e escolas. Os corredores que participam são 100% voluntários.

+ Praça da Paz: uma galeria de arte a céu aberto em Praia Grande

Após o revezamento, que acontece na terça-feira, a tocha será levada para crianças de 5 escolas da cidade na quarta-feira. As escolas e o roteiro da tocha não foram divulgadas. O roteiro em Santos também inclui a inauguração da placa da paz (Peace Blossoms) no Complexo Esportivo Rebouças. Essa placa está vários locais do mundo como Taj Mahal e Cataratas do Iguaçu.

Sobre o Peace Run

Se acaso você não conhece a Peace Run, vamos a um breve resumo. O evento foi criado em 1987 por Sri Chinmoy e busca promover a amizade e compreensão internacionais. Pessoas como Madre Teresa de Calcutá e Nelson Mandela já participaram da programação do evento (que acontece anualmente).