Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Raquel Zandonadi, de PG, está na final do prêmio Professor Transformador

  • 1
    Share

Depois de sair da escola e entrar para o mercado profissional, você provavelmente ainda se lembra de um professor que te marcou positivamente. Talvez uma frase, conselho ou atividade… Não importa. Sempre tem um professor que nos transforma.

Raquel Zandonadi é esse tipo de professora

juicysantos.com.br - Raquel Zandonadi

Com a missão de fazer os alunos do Fundamental II se interessarem pela Língua Portuguesa, a professora da rede pública de Praia Grande criou o projeto Fanfiqueiros de Papel. E ele é finalista do Prêmio Professor Transformador.

Em resumo, a ideia era fazer a galerinha curtir escrever. Para isso, ela tranpôs as fanfics, famosas na internet, para a sala de aula.

“Duas questões que eu considero importantes me levaram a criar o projeto. Primeiramente, que a escola não pode ficar alheia à diversidade textual e cultural que a internet oferece. E, em seguida, que nós, professores, precisamos saber olhar para os nossos alunos e identificar suas preferências”.

juicysantos.com.br - Raquel Zandonadi

Deste modo, o projeto convida os alunos a escreverem suas narrativas a partir de conteúdos nos quais eles têm interesse. Vale viajar no universo de séries ou trazer personagens que eles gostam, por exemplo.

Como funciona o Fanfiqueiros de Papel

Com os alunos interessados na aula, Raquel convidou os alunos a escolherem uma série que fosse preferência em comum. A turma, que não é nada boba, optou por La Casa de Papel. Em seguida, a professora trabalhou com a turma a interpretação da série de maneira profunda.

“Então, os alunos se inscreveram em uma plataforma de fanfic, a Spirit Fanfiction, e nela produziram seus textos. Fiz  interferências como usuária da plataforma”.

Além disso, os alunos também interagiram entre eles, comentando os textos uns dos outros.

juicysantos.com.br - Raquel Zandonadi

Por fim, depois que as fanfics já estavam construídas, os alunos criaram um “fanzine”, revista feita por e para fãs. E, nessa publicação, eles colocaram tudo o que produziram – desde a análise da série e reportagens até as fanfics que se destacaram.

Legal, né? Orgulho da região, Raquel está entre os finalistas do Prêmio Professor Transformador – que destaca projetos inovadores desenvolvidos por professores da Educação Básica de todo o País.

E, claro, nossa torcida aqui vai pra ela!