Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos

Mochilão pelo Brasil: que tal conhecer o Nordeste?

A palavra mochilão normalmente está atrelada a viagens à Europa.

Mas, se você sonha em viajar de uma maneira intensa e cheia de aventuras, não precisa, necessariamente, gastar em euro e atravessar o oceano. É possível conhecer lugares INCRÍVEIS, gastar em real e fazer isso de ônibus ou carro aqui no Brasil mesmo. 

Há algum tempo, eu planejo viajar nesse estilo: mochila nas costas, um tênis confortável, boas companhias e um destino não muito certo.

Comecei a pesquisar e decidi fazer um mochilão pelo Brasil – no Nordeste, pra ser mais exata.

Ainda não tenho certeza de quando vou. Porém, para matar a ansiedade, já estou pesquisando sobre possíveis locais e roteiros. Como a galera que lê o Juicy Santos ama viajar, economizar e aventuras, decidi compartilhar com vocês o que tenho em mente até o momento.

Vai que alguém gosta e decide me acompanhar pelas estradas desse Brasilzão!

Alagoas e Pernambuco 

maragogiImagem: Reprodução

Quem conhece a região Nordeste do país fala sem a menor dúvida que esses são dois pontos maravilhosos no nosso litoral. Então, deve valer a pena conhecer né?

Entre as cidades que são obrigatórias nessa rota, estão Maceió, São Miguel dos Milagres, Maragogi, Porto de Galinhas, Recife e Olinda. Todas são bem conhecidas e visitadas, já dá para saber que as paisagens e experiências vão ser inesquecíveis, né?

Roteiro

O primeiro destino é Maceió (AL). O ideal é descansar no primeiro dia e ir conhecer a cidade no segundo (para quem conseguir ficar parado, o que não é o meu caso). Na capital alagoana, você precisa visitar as praias de águas mornas e areias douradas. Não esqueça das atrações culturais, como igrejas em estilo barroco e/ou gótico e feiras de artesanato. 

A próxima parada é São Miguel dos Milagres, que também fica em Alagoas, e suas prais desertas. Depois, curta Maragogi, que fica a apenas 1h30 da parada anterior e tem 22 km de costa, onde você pode mergulhar em uma das mais bonitas formações de corais do mundo.

No sétimo dia, você chegará a Pernambuco e, é claro, a primeira parada tem que ser Porto de Galinhas. A cidade fica bem pertinho de Maragogi (1h30), então é possível ir de carro, ônibus, Uber… Na cidade, é possível se aventurar em praias próprias para o surf ou descansar nas águas calmas e quase desertas de Camboa. 

Em seguida, sua parada é Cabo de Santo Agostinho. Tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, abriga paisagens naturais de tirar o fôlego. Para quem gosta de história, dá pra visitar antigas construções do Brasil Colônia, como o Forte Castelo do Mar e as ruínas da Antiga Casa do Faroleiro.

Para finalizar, um dia em Recife e outro em Olinda. As duas cidades são super conhecidas quando se fala em Pernambuco, claro que não podiam ficar de fora. Na primeira, existe uma variedade de atividades culturais e uma vida noturna super agitada, além de restaurantes maravilhosos e muitos museus. Na segunda, que fica a 6 quilômetros de distância, a arquitetura única e inconfundível, junto a cultura local, são as maiores atrações.

Ceará, Piauí e Maranhão

fortalezaImagem: Reprodução/Revista Apólice

Para quem quer riscar cidades e visitar locais diferentes, essa é uma boa saída. O roteiro tem três estados, duas capitais e dois lugares que estão sempre em alta entre os turistas que visitam o nordeste.

O segundo roteiro também é cheio de praias, cenários encantadores, gastrônoma e muita cultura. Vai ser difícil de escolher. Boa sorte para você e para mim também * risos *

Roteiro

A primeira parada, Fortaleza, é também a mais longa. Reserve ao menos 3 dias no hostel que você for se hospedar. A cidade é linda e enorme, por isso, para aproveitar todas as atrações – como as dunas e falésias das costas Leste e Oeste -, você precisa de mais de um dia.

Depois da pequena estada, o próximo destino é Jericoacoara. São pouco mais de 4 horas de estrada, mas vale a pena. A cidade é conhecida como um paraíso repleto de lagoas de água cristalina. Não deixe de visitar a Pedra Furada.

A próxima parada é no Piauí, em Delta do Parnaíba. O destino oferece rio, mar, dunas, mangues, floresta, lagoas de água doce, animais silvestres, espelhos d’água, banhados, praias desertas e mais de 70 ilhas fluviais. Em resumo, fique uns dois dias por lá.

No Maranhão, as paradas são os Lençóis Maranhenses e São Luís.

Visite os Lençóis Maranhenses no período depois do almoço, assim você pegará o sol mais ameno e ainda pode assistir ao pôr-do-sol de uma das dunas. Em São Luís, você pode curtir destinos com uma pegada histórica – como os casarões e sobrados dos séculos 18 e 19, além das festas tradicionais e gastronomia.

Dicas para mochilão

Para visitar tantas cidades em um período tão pequeno, a palavra chave é economia. Leve pouca bagagem, para ajudar o deslocamento entre as cidades e fique em hostels, a grana que você vai economizar com isso pode ser útil em visitas a pontos turísticos 😉

Uma dica legal pra viajar sem gastar muito é usar sites de estimativa de valores, como o Quanto custa viajar (para custo diários nas cidades) e ou o Decolar, para as passagens aéreas. Você também pode trabalhar na pousada ou hotel onde irá se hospedar.