Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

Economize nas viagens e multiplique os destinos

  • 26
    Shares

Há quem diga que viajar não é despesa, é investimento. Mas, cá entre nós, na vida real não é bem assim né?

A gente ama viajar. Mas, depois que voltamos à rotina, tem as prestações da passagem áerea, a hospedagem, as compras e os vários trechos de Uber esperando na fatura do cartão de crédito. Em outras palavras: viajar é tudo de bom, mas custa caro. Só que pode ser diferente. Basta fazer da economia a sua companheira em todos os embarques. 

Só para ilustrar: em novembro de 2018. eu passei um final de semana em Curitiba com R$ 300. Esse foi o valor gasto entre passagem áerea, hospedagem com café da manhã e o meu transporte entre os pontos turísticos da cidade. Antes disso, eu jurava que para viajar era necessário passar meses se planejando, ter um salário de no mínimo cinco dígitos ou ser herdeiro.

Se acaso você pensa assim, as coisas estão prestes a mudar. Então, pode tirar a mala do fundo do armário e começar a pensar sobre os locais que você sempre quis conhecer.

www.juicysantos.com.br - turismo - mala de viagem economize em viagens

Economize nas viagens seguindo esses passos

É possível diminuir o orçamento desde o momento da escolha do destino até a reserva da hospedagem. Além disso, também dá para garantir um troco na hora de comprar as passagens aéreas e de se locomover durante a viagem.

Ficou interessado, né? Então siga essas dicas e veja na prática do que estamos falando:

1. Comece a pesquisar com antecedência

Em sites como o Decolar.com, é possível encontrar pacotes para a semana seguinte com bons valores. No entanto, não é garantido que isso vá acontecer nas suas férias ou haver disponibilidade para a cidade que você quer. Por isso, comece a pesquisar as passagens com antecedência. E, deste modo, acompanhe a evolução dos preços de acordo com o dia da semana e horário.

Segundo estudos feitos pela KAYAK, a antecedência ideal para se comprar passagens nacionais é de um mês; para internacionais, de 3 ou 4 meses. Neste período a economia pode ser de até 15 a 25% do valor. Outra dica é utilizar mais de um mecanismo para fazer a sua pesquisa. Além da KAYAK, utilize também o 123 Milhas, Google Flights e outros disponíveis online.

Também é possível usar milhas aéreas na compra das passagens, confira como funciona

2. Nem todos os dias, nem todos os horários

Existem dias da semana e horários que são propícios a passagens mais baratas. Por isso, evite horários de pico e dicas de maior movimento. Quando possível, troque a ida na sexta-feira pelo sábado e a volta do domingo para a segunda-feira, por exemplo.

Se você for passar muitos dias viajando e tiver disponibilidade, confira o valor dos voos com escalas. Às vezes, os descontos são grandes e vale a pena pegar a ida ou a volta (ou até ambas) com algumas paradas no caminho.

www.juicysantos.com.br - economize em viagens

3. Hospedagem

Primeiramente, lembre-se: hotel não é a única possibilidade de hospedagem. Atualmente, existem outras categorias que competem com a rede hoteleira e são tão confortáveis quanto. Uma das mais escolhidas por viajantes é o Airbnb. Aqui, vamos a outra experiência própria: na virada do ano, a diária em Salvador estava, em média, R$ 200 por pessoa. No Airbnb, encontrei acomodação por R$ 70, em um dos melhores bairros da cidade.

Pesquise hotéis, hostels, pousadas e Airbnb. Outra possibilidade disponível é o couchsurfing, na qual você se hospeda gratuitamente na casa de um local 😉

Se você for tradicional e preferir ficar em um hotel, lembre-se que aqueles com perfil mais corporativo são mais caros durante a semana, enquanto hotéis de lazer têm diárias mais caras aos finais de semana.

E essa visita monitorada às igrejas de Santos tem vovôs como guia

4. O destino certo

Existem locais que a gente sonha em conhecer, mas que realmente pedem um orçamento maior e é necessário economizar. Aqui estamos falando sobre as suas próximas férias ou aquele feriado que você teria que ficar em casa: considere destinos que normalmente são mais baratos. Neste sentido, você pode optar por conhecer, por exemplo:

  • Joinville
  • Brasília
  • Curitiba
  • Belo Horizonte
  • Rio de Janeiro
  • Florianópolis
  • Navegantes

Estes são destinos que, normalmente, têm as passagens áreas com valor mais barato em território nacional 🙂

4. Confira a diferença de valor dos pacotes

Às vezes, a gente vê um pacote de “12 x de R$ 90” e acredita estar fazendo um super negócio, mas a verdade é que o valor das passagens áereas e da hospedagem separadas seria igual ou menos do que isso. Cheque sempre a diferença antes de fechar negócio.

Como economizar em viagens

Também é possível economizar durante a viagem.

Se você pretende fazer um citytour, por exemplo, confira o valor do passeio por pessoa e se não vai sair mais barato fazer a visita de Uber. Isso porque, às vezes, o grupo é grande e cada um quer visitar um ponto turístico diferente. Aí é possível fazer mais paradas, dividir o valor de cada trecho e gastar a mesma coisa ou até menos.

Outra coisa importante é: o frigobar do hotel pode ser tentador, mas o valor é inacreditável. Você pode ir ao mercado mais próximo, comprar água, refrigerante o que mais quiser e consumi-los no lugar dos oferecidos pelo hotel. Também lembre-se de tomar um café da manhã reforçado para, deste modo, evitar gastos desnecessários com comidinhas durante o dia 😉

E aí, gostou das dicas? Então economize nas viagens e multiplique o número de destinos visitados! E, se tiver outras táticas para economizar, compartilhe com a gente nos comentários 🙂