Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Conheça a Sharity, startup de financiamento coletivo do bem com um pé em Santos

  • 2
    Shares

Lizete tem 70 anos e vivia numa casa sem o menor conforto.

Zezé conheceu a depressão e, como consequência, largou o trabalho e os cuidados com a casa. Anos depois, estava vivendo em uma situação sub-humana.

Em ambos os casos, os vizinhos se reuniram para arrecadar o valor necessário para as reformas.

Para isso, a solução encontrada estava nas campanhas de financiamento coletivo.

O sistema, também conhecido como crowdfunding, é bem antigo. Começou no século XVII com o objetivo de possibilitar a publicação de livros. Na última década, o modelo de negócios voltou a ter força, por conta da internet.

www.juicysantos.com.br - sharity é uma ferramenta para financiamento coletivo solidário

É possível ajudar campanhas para livros, CDs, filmes… E também em causas solidárias.

Acontece que, às vezes, é difícil de encontrar as campanhas certas no meio de tantas coisas.

Quem quer ajudar fica perdido. Quem precisa de ajuda, sem o dinheiro.

A Sharity surgiu para solucionar esse problema

Fundada pelos santistas Gustavo Henriques e Thiago Balducci, a startup é uma plataforma de crowdfunding com foco social.

O que isso significa? Quem acessa o site só encontra histórias como as de dona Lizete e Zezé. Quem nos explica como a ideia começou é o Gustavo, que recentemente voltou a morar em Santos.

“Há três anos, eu larguei o mercado publicitário e fui me aventurar no mundo da inovação e tecnologia vinculada ao terceiro setor. Estudei jogos, gamificação, blockchain, cryptomoedas e me aprofundei em funções mais digitais como um product owner e designer”.

Como parte dos estudos, trabalhou por um ano e meio em São Paulo e então embarcou para os Estados Unidos – onde viveu pelo mesmo período. De volta ao Brasil, a Sharity se transformou emsua grande missão de vida.

Em resumo, a ideia era criar uma plataforma de crowdfunding com foco social que usasse gamificação. Para, deste modo, atender quem já precisa fazer arrecadações e, ao mesmo tempo, motivar usuários que ainda não fazem parte desse universo.

www.juicysantos.com.br -sharity financiamento coletivo solidário

Como a Sharity funciona

Baseada em São Paulo, a startup tem um pé – ou vários! – em Santos. Pois, além dos dois fundadores, tem mais uma prata da casa na equipe – Isabella Canelas, que trabalha como community manager.

Com os três santistas e uma galera muito boa, a plataforma ganhou vida no último dezembro. Desde então, já foram arrecadados mais de R$ 2 milhões em doações!

“Existem três pilares que a gente reforça bastante: a facilidade, a gamificação e o atendimento”, explica.

Na Sharity, qualquer um – empresa, pessoa física, projeto ou ONG – pode criar uma campanha de uma maneira bem rápida e sem nenhuma burocracia. Além disso, as campanhas contam com aspectos de pontuação que incentivam as doações a acontecerem.

Só para ilustrar, existem selos para quem é o primeiro a colaborar ou quem cria duas campanhas.

“Estamos trabalhando para trazer mais recompensas e incentivos para aqueles que mais se envolvem com as causas”.

Além disso, quem cria uma campanha tem total apoio da plataforma e, em alguns casos, rola até uma consultoria de marketing digital para ajudar.

Então já sabe, né? Da próxima vez que você quiser fazer uma campanha de cunho social, utilize a Sharity, uma startup com veia local. E quando quiser ajudar alguma causa, também basta acessar a plataforma 🙂