Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

O rock é lei em Santos e não faltam motivos para isso

Talvez você não saiba, mas o rock é lei em Santos.

Sancionada em dezembro de 2011, a lei 2.795 institui que no dia 13 de julho comemora-se o Dia do Rock em Santos. A data escolhida coincide com aquela em que celebra-se o dia mundial do ritmo – em uma alusão à primeira edição do Live Aid, que aconteceu em 1985 em Londres e também na Filadélfia.

Essa pode parecer uma daquelas leis que não fazem sentido. Mas quem conhece a história que a cidade tem com o ritmo acredita ser uma justa homenagem. Afinal, o rock em Santos poderia ser roteiro de um bom filme.

O rock é lei em Santos

Assim como aconteceu com a tatuagem e outras coisas, o rock chegou em Santos através do porto. É por isso que, ainda no início dos anos dourados, em 1950, o ritmo já estava no ouvido, nas rádios e na programação de Santos.

Prova disso é que, em abril de 1958, o grupo Bill Halley and His Comets, precursor do rock’n’roll mundial, se apresentou para cerca de 10 mil pessoas em Santos. A apresentação aconteceu no Ginásio do Clube Atlético Santista e foi apenas um dos vários shows de nomes famosos mundialmente que aconteceram por aqui.

juicysantos.com.br - rock é lei em Santos Imagem: Reprodução/Memória Santista

Aliás, precisamos dizer: algumas atrações preferiam vir a Santos a tocar em São Paulo.

“Desde 1950, até o auge nos anos 90 e mesmo hoje em dia, Santos é uma referência no rock brasileiro”, comenta Wladimyr Cruz, que sempre esteve envolvido na cena roqueira de Santos.

A casa do hardcore e do punk rock no Brasil

Cruz é, inclusive, um dos diretores do documentário Califórnia Brasileira (ao lado de Rodiney Assunção). Lançado em 2017, o filme conta a história do hardcore e do punk em Santos. Se você não assistiu e não conhece essa tradição, o Juicy Santos te conta do que estamos falando.

Além do grande consumo de rock, Santos também se transformou numa cidade em que se produzia muita música. Aliado ao grande número de bandas de garagem e que estava fazendo sucesso Brasil afora, o cenário praiano ajudou a consolidar o apelido de Califórnia Brasileira nos anos 90. Foi nessa época também que nomes como Garage Fuzz, Safari Hamburguers e White Frogs, por exemplo, bombaram nas rádios de Santos e de todo o país.

juicysantos.com.br - O rock é lei em Santos

“Santos foi um dos principais polos de produção hardcore punk do Brasil, o cenário era gigantesco. Aqui nós tínhamos bandas, zines, casas e público”, lembra Cruz.

Assim como aconteceu nos anos 50, a cidade se tornou uma das praças essenciais para shows internacionais do hardcore no Brasil. Os saudosistas se lembram da programação da cidade na época e dizem sem medo: o punk rock e seus adjacentes eram a música jovem predominante nos anos 90 por aqui.

Eu vim de Santos, sou Charlie Brown

Quem não conheceu as bandas do hardcore santista não conseguiu sair ileso ao rock do Charlie Brown Jr. Acontece que foi exatamente neste cenário anterior que o grupo – que deu início a declarações ao amor caiçara – nasceu.

Segundo relatos, a primeira apresentação de Chorão como cantor aconteceu em um bar de Santos onde o rock era a trilha sonora.  Na ocasião, a extinta banda Matrix se apresentava e o vocalista precisou se ausentar por alguns instantes. O pouco tempo foi o necessário para o dono de composições como Ela vai voltar e Céu azul, por exemplo, cantar um som do Suicidal Tendencies e pegar gosto pela coisa.

juicysantos.com.br - O rock é lei em Santos

Em sua história, o Charlie Brown Jr. acumulou mais de 5 milhões de cópias vendidas. Além disso, a banda venceu importantes prêmios como o Grammy Latino. Acima de tudo, tornou-se referência para uma nova geração de roqueiros em Santos.

Elas também fazem rock

Neste cenário pós-CBRJ, nasceram boa parte das bandas de rock atuais de Santos.

Se você acompanha assiduamente o Juicy, provavelmente conhece uma galera que está começando por aqui. As bandas 4 Sticks, Music Box e a cantora Dani Vellocet, por exemplo, estão na nossa lista de favoritas e uma coisa é certa: de alguma maneira, Chorão e toda a turma do Charlie Brown influenciou no trabalho.

Apesar de se inspirar mais em nomes como Pitty e Rita Lee, por exemplo, Carol Germano já interpretou muitos sucessos escritos pelo Chorão. A vocalista da Music Box cresceu ouvindo rock nos bares de Santos com os pais e foi aí que nasceu o amor pela música. Atualmente, canta tanto nos endereços que frequentava quanto em casas de todo o estado.

juicysantos.com.br - O rock é lei em Santos Imagem: Hangar 51

Ela não tem dúvidas ao dizer: o cenário do rock em Santos ainda ferve.

Segundo conta, com a Music Box, ela tem a oportunidade de viajar por todo o estado de São Paulo para fazer shows. Mas a quantidade de bandas que existem em Santos é incomparável. Apesar disso, confessa que faltam boas oportunidades para quem está começando.

“O espaço é curto tanto pras bandas covers quanto para as autorais. Falta interesse do público e também dos empresários de fomentar essa riqueza que temos”.

Sempre há lugar para o clássico

Mesmo com o pouco espaço para mostrar seu talento, a banda 4 Sticks conquistou uma legião de fãs em Santos. Criada em 2016, a banda é uma aposta de quatro amigos (Ton Cremon, Gian Giannini, Adriano Zeni e Ubirajara Aguiar) no bom e velho rock n’ roll. Afinal, o repertório dos shows se baseia nos maiores hits das bandas clássicas de rock.

O Juicy Santos, aliás, esteve na apresentação de um ano da banda e pode dizer: vale a pena. Além da boa música, o público também confere efeitos tecnológicos, como luzes, fumaça e telões de LED. O entrosamento dos amigos em palco é outro ponto alto da apresentação.

www.juicysantos.com.br - 4 sticks

“Nós crescemos ouvindo rock e tivemos outras bandas antes da 4Sticks. A banda com nós quatro começou no casamento de um amigo, tocamos na festa e não paramos mais”, comentam.

Já no primeiro show, o grupo tocou para 400 pessoas. Desde então, a agenda tem shows que eles mesmos organizam e também eventos corporativos e festas fechadas. Enquanto a 4Sticks não divulga a próxima apresentação, os fãs desse tipo de repertório podem curtir a noite em uma das poucas casas em Santos onde o rock é a trilha sonora da noite.

A lista é curta. Atualmente, em julho de 2019, tem apenas Studio Rock, Boteco Valongo e Mr. Dantas.

Mesmo assim, ainda tem lugar no coração do santista para o rock. Basta dizer que o ano de 2019 começou com um espetáculo lotado nas areias da praia do José Menino com a Orquestra Sinfônica de Santos e Christopher Clark (campeão do The X Factor Brasil) interpretando clássicos de Led Zeppelin, Guns’n Roses e Beatles, entre outros. Sim, até o nosso Réveillon teve rock.

Geração Zimbra

Apesar do sucesso da Music Box e da 4Sticks, as bandas ainda não conseguiram alcançar conhecimento nacional.

Isso não significa que não tem músico santista conhecido em todo o país. Os meninos da Zimbra são a prova disso: nasceram em Santos e, na última semana de junho, estavam em turnê pelo nordeste do país. Os shows são parte do lançamento do trabalho mais recente do grupo, Verniz – que, inclusive, tem participação de nomes como Dinho Ouro Preto e Esteban Tavares.

Já rolaram shows em cidades como, por exemplo, Salvador, Aracaju e Feira de Santana.

juicysantos.com.br - O rock é lei em SantosImagem: Reprodução

Foram necessários três anos de trabalho para fazer o primeiro show fora da cidade. A apresentação foi em São Paulo e, de acordo com eles, era possível contar nos dedos o número de pessoas presentes

“Essa constância que temos hoje só veio após o Lollapalooza. Nós tocamos em 2015, pois ganhamos um concurso no qual esse era o prêmio. Conseguimos aproveitar a exposição e trabalhar a partir disso para formar público fora de Santos”, explica Rafael, o vocalista.

O trabalho também foi feito com base na constância de shows fora da cidade e no lançamento de músicas. Além da agenda de shows, que já tem datas até dezembro, o resultado também é visível nos streamings: com menos de dois meses de lançamento, Verniz já acumula mais de 2 milhões de visitas no Spotify.

Pra saber o que rola no rock Santos

Nas redes sociais, você pode conhecer e se informar sobre shows, bandas e outras histórias sobre o rock em Santos. O Juicy Santos recomenda: