Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

6 dicas para fazer uma horta orgânica em vasos

  • 27
    Shares

Temperos frescos dão um sabor especial à comida.

Descobri e me apaixonei por essa diferença durante uma viagem recente. Na casa em que fiquei, tudo é colhido na hora: salsinha, tomilho, alecrim e até berinjela.  Claro que há a diferença de tamanho em uma casa no interior da Bahia e um apartamento em Santos, mas voltei decidida e ter alguns temperinhos por aqui.

Para isso, procurei o pessoal do Plante Orgânicos em Casa (pra mais informações [email protected]) em busca de algumas dicas. As orientações foram tão boas e o resultado tão saboroso, que decidi compartilhar por aqui.

Se você também quer ter uma horta orgânica em vasos, se liga nessas recomendações e comece já a sua (vale muito a pena!):

horta em vasoImagem: Reprodução/Cobertura das Notícias

O local

Escolha um lugar em sua casa onde haja a incidência de no mínimo 4 horas de luz solar por dia, de preferência nas primeiras horas da manhã ou ao final da tarde. Este é o melhor local pra cultivo das plantas. Se não houver essa possibilidade, opte por  um local bem iluminado como uma janela ou área de serviço.

Vasos

A escolha dos vasos deve ser adequado ao tipo de planta, sendo os maiores ideais para o cultivo de, por exemplo: manjericão, alecrim, rúculas e rabanetes. Ervas podem ser cultivadas em jardineiras e vasos pequenos (12 a 15 cm de profundidade), mas, nesse caso, não se desenvolverão muito!

Escolha das Plantas

Escolha plantas de fácil cultivo, como tomilho, orégano, alecrim, manjericão, hortelã, salsa, cebolinha, rabanete e rúcula. Prefira mudas, pois são mais fáceis e rápidas de serem cultivadas.

Caso prefira as sementes, observe a época pra semeadura normalmente indicada no verso do envelope.

A hortelã sempre deve ser plantada sozinha pois invade o espaço das outras plantas.

Solo

Para plantar prefira substrato orgânico (facilmente encontrado em lojas onde se vendem plantas ou em alguns hipermercados), ele traz em sua composição todos os nutrientes de que a planta necessita.

Adubação

Acrescente de seis em seis meses substrato orgânico ao seu vaso e, ao término de um ano, suas plantas devem ser substituídas por outras, salvo raras exceções.

Hora de regar

É muito importante e deve ser feita de preferência no início da manhã ou final da tarde evitando-se a evaporação da água utilizada. No geral, o substrato deve estar sempre úmido, mas não encharcado. Isto se consegue com a correta drenagem no seu vaso. E, pra saber se sua planta está precisando de água, basta colocar o seu dedo na terra!

Regras da boa drenagem

– Faça furos no seu vaso e coloque pedrinhas: podem ser cacos de telhas, argila expandida ou pedras de construção.
– Corte um pedaço de manta bigin e cubra toda a extensão das pedras;
– Jogue substrato orgânico no vaso;
– Plante;
– Regue o substrato até perceber que escorreu um pouco de água pelos furos em baixo do vaso.