Texto porVictória Silva
Jornalista, 28 anos - Santos
TAGs

5 motivos para sair do home office

O interfone toca. Um cachorro late. A pia da cozinha está cheia de panelas para lavar. Barulho da TV da sala ligada e da fofoca rolando na cozinha.

Já pensou trabalhar com todos esses ruídos?

É preciso ter MUITA concentração e ainda mais foco para fazer home office e não ter a produtividade afetada. Claro que a possibilidade de trabalhar de casa é maravilhosa quando pensamos em não pegar trânsito ou enfrentar ônibus lotado diariamente no trajeto de ida e volta. Mas, no momento de ligar o computador no quarto ou na sala, o cenário é um pouco diferente e o stress continua o mesmo.

Por isso, cada vez mais pessoas têm desistido da ideia de montar um escritório em casa e buscado por alternativas que se enquadram em seus modelos de negócio e orçamentos.

www.juicysantos.com.br - coworking em santos

Ambientes com Wi-fi são uma possibilidade, mas o coworking é o preferido da maioria.

Nós testamos como é trabalhar em um coworking e entendemos a razão

Na época, muita gente nos questionou se realmente vale a pena trocar o home office pelo coworking.

Nós acreditamos que sim. Com a ajuda de empreendedores santistas que fizeram o mesmo, listamos 5 motivos para deixar o home office no passado.

1. Tempo é dinheiro

Administrar o seu tempo é quase impossível quando você trabalha em casa.

Daniele Souza, por exemplo, trabalha com logística e só ficou em casa durante 2 meses. Sentiu que precisava de um ambiente para ser a empresária por trás da Atlântico Sul Logística e outro para seu tempo livre.

E isso acaba sendo bem normal. Por mais organização que o seu cotidiano tenha, às vezes você não vai fazer 1 hora de almoço e voltar um pouco antes ou depois, por exemplo. Uma vez que o deslize se torna um costume, nasce um problema que reflete no seu rendimento e na planilha de custos.

“Sempre tem alguma coisa que te atrapalha: um familiar te chamando, o cachorro do vizinho… Parece que o tempo não rende”, explica.

2. Sem dores de cabeça

Esse é um item que vale para quem vive o home office ou tem um escritório.

Com o coworking, acabou a preocupação com o sinal da internet, a potência do ar condicionado ou ir ao mercado comprar pó de café e papel higiênico. O seu ambiente de trabalho terá profissionais preparados para atender essas e outras demandas.

“É uma comodidade que faz toda diferença, toda a minha energia é direcionada apenas para o meu trabalho. Não tenho que me preocupar com nada referente à estrutura”, lembra Daniele.

Tudo isso somado ao fato de todos os seus recados serem anotados e repassados diariamente por uma recepção e você ter disponível espaços como uma sala de reuniões pra receber seus clientes, por exemplo.

3. Networking

Tanto Daniele quanto Edson Nascimento, um dos sócios da Ability Treinamentos e Soluções Integradas, perceberam o poder do networking em um ambiente que reúne tantos profissionais de áreas diferentes.

www.juicysantos.com.br - coworking em santos

Na sua sala, pode ter um jornalista, advogado, contador e outros. Em outras palavras: a troca de cartão com pessoas que podem precisar de você ou você delas é mais simples e eficiente do que qualquer outro lugar que você experimentou.

“Antes de sair do home office, vim conhecer o ambiente. Peguei uma promoção de 5 dias gratuitos no Espaço Certo, que aconteceu durante o Black Friday. Antes de acabar a semana, tinha fechado um contrato aqui mesmo dentro do escritório compartilhado”, lembra Edson.

4. Flexibilidade

Os custos, que são um dos motivos de muita gente trabalhar em casa, são flexíveis nos escritórios compartilhados. Você paga exatamente o que está dentro do orçamento e dos itens que vai efetivamente utilizar.

A Ability Treinamentos, por exemplo, tem muitos atendimentos externos e viagens, ou seja, ele não utiliza o escritório 8 horas por dia, nem de segunda a sexta-feira. Por isso, seu contrato é de 90 horas mensais de coworking, saldo suficiente para a rotina de trabalho.

“Isso é o que precisamos para efetuar o nosso trabalho no momento. Conforme a demanda aumentar, podemos mudar o contrato e adaptá-lo”.

5. Trabalho é trabalho

O fato de ter um endereço de trabalho vai te ajudar em muitos pontos, mas o principal é com a sua família. Responda: quantas vezes a sua ajuda foi solicitada para questões que poderiam ser solucionadas sem você?

Às vezes, para quem está de fora, fica difícil entender que a sala de casa é o seu ambiente de trabalho. Ter um endereço pode ser a solução disso e te dar uma maior auto-estima enquanto profissional.

“Muitas vezes, eu recebi ligações de pessoas da família que, obviamente, não teriam me ligado se eu estivesse trabalhando em outra empresa”, conta Nascimento.

Ainda segundo ele, a estrutura do coworking é melhor até do que de muitas empresas por onde ele trabalhou.

motivos para deixar o home office no passado

Não é um inimigo

Vale ressaltar que o coworking não precisa ser um inimigo do home office, mas sim um complemento. Você pode agregar à sua rotina em domicílio serviços como endereço comercial (e parar de divulgar onde você mora para os clientes e fornecedores!) e ter um atendimento telefônico profissional.

Assim como para a Ability, o escritório compartilhado representa uma opção pra usar apenas o que te convêm e empreender de maneira mais saudável e feliz 🙂

E quer saber a melhor parte? Tem promoção exclusiva para os leitores do Juicy Santos no Espaço Certo.

Fazendo seu cadastro abaixo você ganha uma diária de coworking no Espaço Certo para experimentar os serviços. E se você gostar, fechando 2 meses você leva o 3º mês grátis (33% de economia). 


    Seu Nome:*


    Seu e-mail:*


    Celular:*

    Se você está em busca de um coworking em Santos, indicamos o Espaço Certo, que fica na Av. Ana Costa, 61, e na Av. Ana Costa, 59, 9º andar. Também é possível utilizar a unidade deles em São Paulo, próximo ao metrô Consolação. Tel: (13) 3229-1900 ou Whatsapp: (11) 97300-1637.