Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Caminhada no Centro Histórico de Santos: redescubra a cidade

Depois de seis meses em casa, todo mundo quer sair um pouco.

E já que o Dia mundial do Turismo está chegando, o convite é para ser turista na própria cidade. E, vamos combinar, faz tanto tempo que a gente não saia que não vai ser difícil se sentir viajando em uma caminhada no Centro Histórico de Santos.

Para melhorar, o rolê é gratuito e será feito sem aglomerações.

Amou, né? Então anota na sua agenda: a caminhada no Centro Histórico de Santos acontece neste domingo, 27 de setembro, às 10 horas. Agora continua a leitura, pois as vagas são limitadas!

Tudo sobre e Free Walking Tour pelo Centro Histórico

O rolê vai acontecer em comemoração ao dia mundial do turismo e é organizado pela Associação dos Profissionais do Turismo da Baixada Santista. Em outras palavras: não é qualquer caminhada. Tem um roteiro organizado e guias para explicar tudo.

De acordo com a divulgação, serão mais ou menos 1h30 de caminhada e paradas em 10 locais históricos:

  • Praça Mauá;
  • Bolsa Oficial do Café;
  • Museu Pelé e Santuário Santo Antônio Valongo;
  • Outeiro de Santa Catarina e Casa do Trem Bélico;
  • Praça da Alfândega;
  • Conjunto da Igreja do Carmo e Panteão dos Andradas;
  • Associação Comercial de Santos;
  • Casa da Frontaria Azulejada;
  • Casa de Bartholomeu de Gusmão;
  • Praça Rui Barbosa com a Igreja do Rosário.

juicysantos.com.br - Caminhada no Centro Histórico de Santos

Cada um destes locais terá um guia de turismo que, entre outras coisas, vai falar sobre curiosidades e a importância do local no contexto da história de Santos. Cada parada terá 10 minutos.

Quer participar da caminhada no Centro Histórico de Santos

Você tem interesse? Apesar de ser gratuito, o passeio tem vagas limitadas para evitar aglomerações. Por isso é necessário se inscrever através do Sympla (clique aqui).

Ai você leva o seu ingresso, impresso ou no celular, e vai direto para um dos pontos mencionados acima. Os participantes caminham sozinhos entre os pontos da ordem que preferirem.

“Queremos proporcionar para o morador de Santos essa experiência de ser um turista em sua própria cidade, ter um novo olhar sobre os locais que ele pode até saber onde ficam, mas não conhece a fundo a importância histórica e turística também”, detalha o diretor-presidente da APT, Eduardo Silveira.

De acordo com a divulgação é necessário usar máscara durante todo o evento, além de respeitar o distanciamento social necessário neste momento, conforme marcações de solo com esta indicação. Será disponibilizado álcool gel no trajeto 🙂