15/05/2018 Por Victória Silva Literatura

Por que vale pegar a estrada e ir ao Festival Literário de Iguape

Todo apaixonado por literatura sonha em ir à Festa Literária de Paraty.

Se você é um deles, nós temos uma pergunta para te fazer: por que não ir a um evento parecido aqui pertinho? Estamos falando do Festival Literário de Iguape. 

Em sua 6ª edição, o evento acontece neste ano entre os dias 24 e 26 de maio e reúne grandes nomes como Djamila Ribeiro, Conceição Evaristo, Elisa Lucinda, Ellen Oléria e muito mais.

Nós listamos 5 razões para você não perder o Festival Literário de Iguape: 

  1. São apenas 3 horas de estrada entre Santos e Iguape (que fica no Vale do Ribeira)
  2. A programação é gratuita e dedicada a discussões sobre conceitos de território e identidade
  3. Vai rolar troca de livros em todos os dias do evento
  4. Entre as participações confirmadas, estão Conceição Evaristo, Djamila Ribeiro, Elisa Lucinda, Ellen Oléria, Larissa Luz, Sandra de Sá e Daniel Munduruku
  5. Você pode aproveitar para conhecer Iguape, uma cidade charmosa e cheia de histórias

djamillaImagem: Uol/ Lucas Lima e Josi Marchesini

Festival Literário de Iguape

Serão 19 atividades diferentes, como saraus, shows, palestras e bate-papos (confira a programação completa no final deste post). Entre os destaques, podemos citar a palestra da santista Djamila Ribeiro (quinta-feira, 24 às 20 horas) e a fala de Conceição Evaristo (sexta-feira, 25, às 21h30).

Ambas as atividades serão mediadas pela escritora Bianca Santana, autora do livro Quando me descobri negra.

Também promete ser interessante a conversa Literatura do Vale, com Filoh Poeta, Julio Cesar da Costa, Marcos Mendes e Osvaldo Matsuda (sexta-feira, 25, às 20 horas); e o bate-papo Vozes de Descontrução, com Elisa Lucinda, Luiz Silva (Cuti) e Vagner Amaro (sábado, 26, às 21 horas).

Quand o assunto é música e teatro, os destaque ficam por conta das seguintes atrações:

  • Esptáculo 3Áfricas – As rainhas do tempo (quinta-feira, 24, às 14 horas);
  • FLISARAU, com Roberta Estrela D’Alva (quinta-feira, 24, às 22 horas);
  • Larissa Luz convida Sandra de Sá e Ellen Oléria (sábado, 26, às 22h30).

Programação completa do Festival Literário de Iguape

conceição evaristo 2Imagem: Reprodução/Richner Allan

Quinta-feira (24 de maio)

Espetáculo: 3Áfricas – As Rainhas do tempo – às 14 horas
Ponto do Livro – às 18 horas
Bate-papo: O que é lugar de fala? com Djamila Ribeiro – às 20 horas
FLISARAU com Roberta Estrela D’Alva – às 22 horas
Sessão de Autógrafo com Djamila Ribeiro (O que é lugar de fala?) – às 22 horas

Sexta-feira (25 de maio)

Ponto do Livro – às 18 horas
Sessão de Autógrafo com Conceição Evaristo – às 18 horas
Bate-papo: Literatura do Vale com Filoh Poeta, Julio Cesar da Costa, Marcos Mendes e Osvaldo Matsuda – às 20 horas
Bate-papo: Escrevivência com Conceição Evaristo – às 21h30
Espetáculo: Canto de vida e obra – Conceição Evaristo – às 22h30

Sábado (26 de maio)

Ponto do Livro – às 11 horas
Espetáculo: Sons do Guarani com as aldeias Pindo Ty, Takuari Ty e Itapoã – às 11 horas
Bate-papo: Território e identidade com Antonio Diegues, Benedito da Silva, Claudionor Henrique Pedroso, Daniel Clayton Pedro Rodrigues, Daniel Munduruku, Hermes Modesto Pereira, Maíra Silva, Rodrigo Marinho, Tatiana Cardoso e Timóteo Verá Tupã Popyguá – às 14 horas
Espetáculo: Fandango do Morro Seco – às 17 horas
Sessão de Autógrafo com Timóteo Verá Tupã Popyguá (Yvyrupa – A terra uma só) e Lisângela Kati do Nascimento (O lugar do lugar no ensino da geografia) – às 17 horas
Sessão de Autógrafo com Fátima Cristina Pires (Ariú), Lydia da Silva Gonçalves (A flor que encanta) e Isabel Campos (Árvore para passarinhos) – às 20 horas
Bate-papo: Vozes de desconstrução com Elisa Lucinda, Luiz Silva (Cuti) e Vagner Amaro – às 21 horas
Show: Larissa Luz convida Sandra de Sá e Ellen Oléria – às 22h30
Show: Roda de Jongo com Jongo Tiduca – às 23h40

Todos os eventos do festival acontecem na Praça da Basílica e na Biblioteca Pública Municipal de Iguape.

O que fazer em Iguape

iguapeImagem: Reprodução

Iguape é uma das cidades mais antigas do Brasil.

Aproveite a sua visita para conhecer o Centro Histórico de Iguape, que preserva um cenário lindo com ar do século 18. A dica da galera é fazer os passeio de bicileta ou andando, pois os pontos são bem próximos um dos outros.

Uma tradição, mesmo para quem não é religioso, é conhecer a arquitetura da Basílica do Bom Jesus de Iguape.

Já quem curte praia pode aproveitar e dar uns mergulhos na Praia da Jureia.

Como chegar em Iguape

O trajeto de Santos até Iguape é bem tranquilo. De carro, você vai passar por várias cidades da Baixada Santista até chegar ao destino. Basicamente, serão utilizadas as BRs 101 e 116 e as rodovias Prefeito Casemiro Teixeira e Professor Bento Pereira da Rocha.

De ônibus, a Valle Sul Serviços oferece a linha entre os dois municípios saindo do terminal de Santos. E o valor é R$ 62,70.