24/07/2018 Por Daniel Cid Cinema, Indivisibilidade

5 personagens deficientes que marcaram a história do cinema

Arranha-céu, novo filme de Dwayne Johnson (para sempre The Rock), estreou nos cinemas recentemente. Os fãs podem assistir a mais um espetáculo de ação com o ator, cheio de explosões e pancadaria.

A novidade, dessa vez, é que o brucutu vive um deficiente físico. E como nem sempre assistimos por aí grandes filmes que retratam pessoas com necessidades especiais, resolvi fazer esta pequena listinha de 5 filmes protagonizados por personagens com deficiência física.

Pode não ser a lista que você escolheria. Afinal de contas, existem outros filmes, alguns bem recentes, com o tema. Mas, nessa lista, resolvi tratar de filmes de todas as épocas que marcaram a minha vida.

E, claro, fica aqui o pedido e a torcida para que, cada vez mais, Hollywood aposte na diversidade e multiplicidade de papéis para PCD.

5 personagens deficientes incríveis do cinema

1. Meu Pé Esquerdo (1989)

www.juicysantos.com.br - personagens deficientes no cinema

A história real narra a vida de Christy Brown, que nasceu com uma grave paralisia cerebral. Na Irlanda dos anos 1930, acompanhamos todo o preconceito vivido por uma criança com limitações físicas, que cresce para se tornar um grande pintor e escritor do seu tempo.

Brown sempre teve o amparo de sua mãe, uma mulher que fez de tudo para proporcionar uma vida digna para seu filho.

Com uma interpretação magistral, este filme rendeu a Daniel Day Lewis o Oscar de Melhor Ator naquele ano, mostrando, a cada cena, as dificuldades e lutas deste artista. Brenda Fricker que interpreta a mãe do artista, também ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.

2. Nascido em 4 de Julho (1989)

Nesta adaptação do da obra literária de Ron Kovic, conhecemos a história do próprio Ron, interpretado por Tom Cruise. Em sua ilusão patriótica, ele se alista no corpo de fuzileiros para lutar na guerra do Vietnã.

Lá, após passar por muitas experiências traumáticas, acaba voltando para casa paraplégico, precisando lidar com sua situação e se indagar se tudo aquilo foi necessário ou se ele foi enviado junto de milhares de outros americanos para combater e arriscar suas vidas em uma guerra sem sentido.

No filme, vemos Ron crescendo de um amargurado ex-combatente para um importante ativista, que lutou em seu próprio país pelo fim desse conflito e pelo apoio aos soldados e ex-combatentes, que eram maltratados nos hospitais militares.

Este filme trouxe ao diretor Oliver Stone o Oscar de Melhor Diretor e angariou a estatueta de Melhor Edição.

3. Perfume de Mulher (1992)

Frank Slade é um tenente-coronel cego que tem um plano: aproveitar um incrível final de semana em Nova York e depois tirar a própria vida. Para acompanhá-lo nesta viagem, ele leva seu jovem cuidador, que nada sabe do plano. Enquanto curtem a viagem, ambos vão se conhecendo e criando um laço de amizade, que poderá transformar as escolhas de Frank e do jovem rapaz.

O longa deu a Al Pacino o Oscar de Melhor Ator. Sem dúvida, marcou a vida de muita gente que assistia Perfume de Mulher na Sessão da Tarde só pra ver a dança. Por sinal, é a melhor cena de dança de tango do cinema.

4. Intocáveis (2012)

Um milionário francês paraplégico decide contratar um cuidador sem nenhuma experiência e que não é nenhum exemplo de bom comportamento.

O que deveria se mostrar um grande erro acaba se tornando uma forte amizade e uma lição de vida, daquelas que você sairá da frente da telinha com a velha desculpa de que entrou areia nos seus olhos.

Destaque para as incríveis atuações da dupla de protagonistas.

5. A Teoria de Tudo (2014)

Stephen Hawking dispensa apresentações. O físico teórico mundialmente famoso, que nos deixou neste ano de 2018, é retratado neste filme, não apenas por sua genialidade, mas pela sua humanidade. Aqui, conhecemos toda a trajetória de vida de Hawking e sua família, lidando com suas limitações e crescendo como um importante acadêmico, que deixou sua marca em nossa história.

O ator que interpretou Hawking não poderia ser outro que não Eddie Redmayne, conhecido por A Garota Dinamarquesa e Animais Fantásticos. Por A Teoria de Tudo, ele faturouo Oscar de Melhor Ator. Convenhamos: ele é parecidíssimo com o Hawking novo, né?

Inclusão nas telonas

Se você reparou que essa lista contém apenas filmes com personagens deficientes interpretados por atores sem estes problemas, saiba que é extremamente normal.

Porém, na minha opinião, isso não precisa representar a exclusão de películas que realmente utilizem atores que vivenciam aquelas dificuldades. É  o caso do aclamado Um Lugar Silencioso, lançado este ano e já comentado aqui. Na produção, temos a oportunidade de ver a atriz Millicent Simmonds, deficiente auditiva, interpretando alguém com essa deficiência.

Isso mostra uma pequena abertura em Hollywood para pessoas com necessidades especiais, sem desmerecer esses filmes citados no texto e nem a maravilhosa interpretação de seus atores.

Share Button