02/07/2018 Por Victória Silva Solidariedade

Doação de sangue em Santos: um guia completo

Nós já falamos sobre doação de sangue em Santos aqui no Juicy Santos.

Na época, fui doar sangue pela primeira vez. Estava morrendo de medo, confesso. No entanto, no final de tudo, vi que era super simples. Desde então, doo sangue periodicamente e você fará o mesmo ao terminar de ler essa matéria. 

Sabe por que? Essa é uma forma de salvar e garantir a manutenção da vida de pessoas que necessitam de transfusões contínuas. E não é exagero nenhum dizer isso. De acordo com pesquisas recentes, a cada 2 minutos, uma pessoa no Brasil precisa de sangue. Mas apenas 6 em cada 10 pessoas fazem doação.

Ainda assim, muitas só fazem quando alguém conhecido precisa.

Explicação básica sobre a doação de sangue

Fazer doação de sangue em Santos ou em qualquer outro lugar é mega simples. Você só precisa tomar um café da manhã reforçado (e sem gorduras), estar descansado, ir ao local onde a doação é feita, fornecer algumas informações pessoais e passar por uma entrevista rápida.

Em seguida, você é encaminhado para a sala onde a doação acontece. O tempo necessário para encher a bolsa de sangue varia de pessoa para pessoa. Mas a média é de 20 minutos. Neste tempo, coleta-se de 400 a 450ml de sangue.

Depois, você ganha um lanchinho e pode voltar para casa. A reposição do volume de plasma ocorre em 24 horas e a dos glóbulos vermelhos em 4 semanas. Em outras palavras: sua saúde vai ficar 100% e você ainda vai salvar até 4 vidas!

Onde fazer doação de sangue em Santos

Em Santos, você pode fazer a sua doação em 5 lugares diferentes:

1. Santa Casa de Misericórdia
Onde: Av. Dr Cláudio Luiz da Costa, 50, Jabaquara
Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas e aos sábados, das 7 às 11 horas

2. Hemonúcleo de Santos (Hospital Guilherme Álvaro)
Onde: Rua Osvaldo Cruz, 197, Boqueirão
Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas

3. Hospital Beneficência Portuguesa
Onde: Av. Bernardino de Campos, 47, Vila Belmiro
Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 7 ao meio-dia

4. Hospital Ana Costa
Onde: Rua Amazonas, 143, Campo Grande
Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas

5. Hospital Casa de Saúde
Onde: Rua Armando Sales de Oliveira, 138
Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 7 às 14 horas e aos sábados,  das 7 às 11 horas

Vale lembrar que quem trabalha pode pedir atestado ao doar sangue, ou seja, não tem desculpa.

Se você tem entre 16 e 69 anos e pesa a partir de 50 quilos, pode fazer a doação de sangue. Porém fique atento: pessoas com piercing na cavidade oral não podem realizar a doação, pois a boca está mais receptiva a infecções. Já quem tem tatuagem deve esperar 1 ano após o procedimento, já que esse é o tempo adequado para manifestações de doenças que possam ser transmitidas pela agulha.

Também não podem doar mulheres grávidas ou que estejam amamentando. E, infelizmente, homens gays (que tenham se relacionado com outros homens nos últimos 12 meses) completam a lista de quem não pode doar sangue – o que é tema de debates no STF.

www.juicysantos.com.br - guia da doação de sangue em santos

Sem medo

Quando eu doei sangue pela primeira vez, muitos amigos comentaram não fazer o mesmo por medo de transmissão de doenças. Mas isso não vai acontecer. Pode confiar.

A partir da implementação do teste NAT com fomento da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapira, (ABHH), doenças como HIV, Hepatites B e C são detectadas pelo procedimento. Como resultado, esse exame tem a  capacidade de identificar se a pessoa está contaminada, mesmo que haja um curto período, entre o dia de contaminação e a doação.

Se um dos testes apresentar resultado alterado, o sangue doado não vai para transfusão. Então, o doador será convocado a retornar ao banco de sangue para repetir os testes.

Recursos online para doadores de sangue

O Time do Sangue é um aplicativo brasileiro ótimo, tanto para doadores como para hemocentros.

Você pode baixa-lo em sistemas Android ou iOS. E, uma vez cadastrado, terá acesso a informações como os hemocentros mais próximos de você e seus exames mais recentes. Além disso, é possível agendar a sua doação ou ficar sabendo quando o banco de sangue mais próximo de você está com poucas bolsas e, por consequência, precisa da sua doação.

Você pode conhecer melhor essa iniciativa diretamente no site do Time do Sangue.

No Facebook, há o grupo Doadores de Sangue em Santos e região, que reúne as pessoas interessadas no tema e divulga as necessidades dos bancos de sangue na Baixada Santista.

O site da Fundação Pró Sangue, o órgão estadual que incentiva e cuida da doação de sangue, mostra um mapa dos bancos de sangue, a posição do estoque por tipo de sangue (qual está faltando mais) e um quadro de quem doa para quem. Ou seja, quem irá receber o seu sangue após a doação.

Pets também podem doar sangue

Doação de sangue é também um ato de amor entre os pets.

Cães e gatos saudáveis podem ser doadores e ajudar a salvar a vida de outros animaizinhos. Notavelmente, assim como acontece com a doação de sangue humano, os bancos de sangue de animais sofrem com os baixos estoques.

Além de anemias, doenças crônicas e perdas de sangue causadas por acidentes, um dos principais problemas que podem levar a transfusão de sangue, são as doenças transmitidas pelo carrapato que muitas vezes atingem a medula óssea do pet.

Normalmente, clínicas veterinárias e hospitais veterinários universitários realizam o procedimento de coleta e mantêm em suas estruturas bancos de sangue. Em Santos, a São Judas – Campus Unimonte é uma opção 🙂

www.juicysantos.com.br - onde doar sangue em santos

Requisitos para doação de sangue

  • Estar em boas condições de saúde.
  • Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos precisam de um formulário de autorização dos pais ou responsáveis)
  • Pesar no mínimo 50kg.
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
  • Estar alimentado
  • Evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação
  • Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Quem não pode doar sangue – temporariamente

  • Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas.
  • Gravidez
  • 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
  • Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.
  • Tatuagem / maquiagem definitiva nos últimos 12 meses.
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.
  • Qualquer procedimento endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia, rinoscopia etc): aguardar 6 meses
  • Extração dentária (verificar uso de medicação) ou tratamento de canal (verificar medicação): por 7 dias.
  • Cirurgia odontológica com anestesia geral: por 4 semanas.
  • Acupuntura: se realizada com material descartável: 24 horas; se realizada com laser ou sementes: apto; se realizada com material sem condições de avaliação: aguardar 12 meses.
  • Vacina contra gripe: por 48 horas.
  • Herpes labial ou genital: apto após desaparecimento total das lesões.
  • Herpes Zoster: apto após 6 meses da cura (vírus Varicella Zoster).
  • Brasil: estados como Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins são locais onde há alta prevalência de malária. Quem esteve nesses estados deve aguardar 12 meses para doar, após o retorno.
  • EUA: quem esteve nesse país deve aguardar 30 dias para doar, após o retorno.
  • Europa: quem morou na Europa após 1980, verificar aptidão para doação no 0800550300.
  • Malária: quem esteve em países com alta prevalência de malária deve aguardar 12 meses após o retorno para doar. (critério semelhante ao dos estados brasileiros com prevalência elevada de malária).
  • Febre Amarela: quem esteve em região onde há surto da doença deve aguardar 30 dias para doar, após o retorno; se tomou a vacina, deve aguardar 04 semanas; se contraiu a doença, deve aguardar 6 meses após recuperação completa (clínica e laboratorial). Detalhes dos locais podem ser vistos no Portal da Saúde (clique aqui).

Quem não pode doar sangue em definitivo

  • Hepatite após os 11 anos de idade.
  • Eidência clínica ou laboratorial de Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis.
  • Malária.

Em caso de dúvida, consulte o banco de sangue. A triagem clínica é fundamental para definir quem pode ou não doar sangue.

Recapitulando

Em conclusão, não há motivos para não fazer doação de sangue em Santos (ou qualquer outro lugar). Principalmente, lembre-se: a doação deve realizada com intervalo mínimo de 60 dias para homens e 90 dias para as mulheres.

Doar sangue é seguro. 

Doar sangue é um ato de amor e solidariedade. 

Share Button