Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
38 anos - Santos (SP)

Réveillon 2021 em Santos está cancelado

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

  • 3
    Shares

Se você estava esperando receber 2021 – e a possível vacina do coronavírus – de braços abertos vendo os fogos de artifício, fique em casa. O Réveillon 2021 em Santos não vai ter a tradicional festa na orla da praia, com queima de fogos e shows pra entrar no Ano Novo.

Por conta da pandemia que começou a escalar no Brasil em março de 2020, a Prefeitura de Santos informou oficialmente que, para evitar aglomerações e proteger a saúde da população, o evento está cancelado.

Vale lembrar que, até o dia 17 de novembro, mais de 24 mil casos e cerca de 730 óbitos foram registrados na cidade.

www.juicysantos.com.br - reveillon 2020 em santos

Réveillon 2021 em Santos suspenso

Segundo lembra o jornal Diário do Litoral, o atual prefeito, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), já havia dito em uma live que essa possibilidade existia.

“Qualquer tipo de aglomeração, de festa, seria um contrassenso em relação a tudo o que estamos fazendo e defendendo”, afirmou. 

Enquanto o Carnaval, em teoria, foi adiado para julho em cidades como Salvador e São Paulo, o Réveillon não deve acontecer em grandes cidades como São Paulo e RJ sem uma vacina efetiva contra a COVID-19.

Vale mencionar que, hoje mesmo (17 de novembro), o estado de São Paulo decretou, por meio de publicação no Diário Oficial, a prorrogação da quarentena até 16 de dezembro. Ainda que com as flexibilizações gradativas, segue a recomendação de respeitar o isolamento social sempre que possível.

Santos está na fase verde do Plano SP de flexibilização. Porém, com o crescimento do índice de ocupação nos leitos de UTI de COVID na cidade, retornou a preocupação de que o município retroceda e volte a fechar comércios e suspender outras atividades.

E nas outras cidade da Baixada Santista, vai ter Réveillon 2021?

  • São Vicente: indefinido (segundo a Secretaria de Cultura); decisão deve sair até o final do mês de novembro
  • Guarujá: suspensa até o momento
  • Praia Grande: indefinido
  • Peruíbe: suspensa
  • Cubatão, Mongaguá e Itanhaém: não informaram

(com informações de Diário do Litoral)