Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos

O que curtir em um bate-e-volta até o Guarujá – 5 dicas incríveis

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

  • 1
    Share

Tá calor, né, gente?

Com dias tão quentes, algumas coisas são quase certeza: você já tomou sorvete essa semana e deve estar morrendo de vontade de dar um mergulho – seja no mar ou na piscina. Tanto faz. Já que a flexibilização da quarentena começou e faz um tempo que estamos progredindo, tem muita gente vindo à praia nos finais de semana.

Aqui entre a equipe do Juicy, a gente confessa, ainda não rolou banho de mar. Continuamos em casa.

Apesar disso, o planejamento de rolês para quando as coisas melhorarem está feito. Vai rolar bate-e-volta para todas as cidades da região. Em Peruíbe e Itanhaém, por exemplo, o roteiro já está montado.

www.juicysantos.com.br - bate-e-volta- noguarujá

Agora começamos a pensar no bate-e-volta até o Guarujá

Para quem está em Santos, esse destino é clássico – basta acordar cedinho, atravessar a balsa e curtir as belezas da Pérola do Atlântico. E, mesmo se você estiver lendo essa matéria da capital paulista, são menos de 70 km até o Guarujá, ou seja, cerca de 1h15 de viagem.

Dá para encarar, né? Principalmente, depois que você ver a nossa lista com cinco rolês para cutir no bate-e-volta até o Guarujá.

1. Mirante das Galhetas

Desde que o mirante com chão de vidro foi inaugurado nós estamos loucas para conhecer.

A novidade, inaugurada recentemente, fica no Morro da Caixa D’Água – entre a Praia das Astúrias e o Tombo, sabe? Esse ano, rolou uma reforma e ele se tornou o primeiro local da região com piso de vidro. A vista é linda de lá. E dá para ir pra praia logo em seguida.

2. Mirante da Campina

Tem medo de pisar no chão de vidro? Outro mirante que também é lindo é o da Campina. Neste caso, você deve subir o Morro do Maluf.

3. Praia do Camburi

A Praia do Camburi em Guarujá é daqueles lugares paradisíacos. Mas há a questão do acesso, tá? Pra chegar lá, os visitantes precisam fazer três trilhas: uma até a Prainha Branca, outra para Praia Preta e, em seguida, até a Praia de Camburi.

Apesar disso, vale muito a pena. Pois no mesmo local você tem cachoeira, rio e mar.

4. Praias de São Pedro e Iporanga

Não quer encarar três trilhas? Dá para curtir mar e cachoeira nas praias de São Pedro e Iporanga. Elas ficam lado a lado e não simplesmente maravilhosas. Acontece que o acesso não é mais fácil por não ter trilha, viu?

www.juicysantos.com.br - praia do iporanga no guarujá

É que ambas as praias têm acesso limitado. Então é bom acordar bem cedo ou então ir sabendo que vai rolar uma fila de espera de algumas boas horas.

5. Forte dos Andradas

O último forte construído no Brasil é, hoje em dia, um museu do Exército.

Super curiosa, a construção foi escavada em uma rocha. Mas, apesar de ser um rolê de história, esse passeio também faz a cabeça de quem gosta de aventura, viu? O acesso ao quartel, desativado em 1972, acontece por meio de uma trilha de 2km de extensão. O nível de dificuldade é médio, já que tem algumas partes mais estreitas e sinuosas.

Gastronomia no Guarujá

Além de curtir visuais lindos, seu rolê precisa ter uma paradinha para comer né?

A boa notícia é que o Guarujá tem vários restaurantes incríveis e que estão respeitando todas as normas de distanciamento. Na praia da Enseada, por exemplo, o Thai já premiado cinco vezes com o Certificado de Excelência do TripAdvisor. Por aqui, nós amamos. Principalmente, por conta da vista do pôr-do-sol.

Já para quem ama uma boa cerveja, a nossa dica é o L-atitude Beer e quem quer frutos do mar precisa ir no Alcide’s – que serve pizzas maravilhosas.

Aqui no Juicy Santos também tem indicações de lugares baratos para comer no Guarujá.