Texto porVictória Silva
Jornalista, 26 anos - Santos

Tudo sobre o primeiro hub de inovação de Santos

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

  • 7
    Shares

Em fevereiro de 2020 recebemos a notícia de que Santos teria seu primeiro hub de inovação. Vibramos com a notícia, pois desde 2011, acreditamos que Santos precisava migrar de uma exportadora de talentos para uma grande fomentadora dos ecossistema de inovação local.

Ao anunciar que Santos teria em 2020 um hub de inovação em Santos, a Prefeitura Municipal de Santos não contava com uma pandemia no meio do caminho e nem com a transformação imposta por ela. Essas transformações exigem a agilidade e flexibilidade que (infelizmente) são mais características da iniciativa privada do que do poder público.

Nós seguimos torcendo para que Santos seja um celeiro de vários ecossistemas de inovação interdependentes. E ficamos felizes em anunciar que Santos ganhou em 2021 seu primeiro hub de inovação, que desde novembro de 2021 está sendo utilizado por empreendedores, startups, colaboradores de grandes empresas e inovadores sociais.

Juicyhub, o primeiro hub de inovação da Baixada Santista

Ludmilla Rossi, empreendedora Winning Women/ EY e sócia das empresas Mkt Virtual e Juicy Santos, inaugurou oficialmente o Juicyhub em 4 de dezembro de 2021.

O primeiro hub de inovação social da Baixada Santista é baseado no tripé comunidade, conteúdo e coworking, ancorado na nova economia, mais consciente e colaborativa. O hub possibilitará trabalho híbrido ou remoto, reformatando os espaços de vivência profissional e fomento de talentos.

O Juicyhub conta com espaço de 715 m2 no Gonzaga, na avenida Ana Costa, projetado para compartilhar, produzir, aprender e atuar em rede. O coworking, primeira fase do projeto, entrou em operação no início de outubro de 2021.

Juicyhub - hub de inovação em Santos/SP
Combinando design, biofilia e um ambiente profissional inédito na região, os assinantes podem trabalhar em múltiplos espaços, que incluem mesas e cadeiras ergonômicas, sofás, salas de reunião de diversos tamanhos ou nas áreas abertas e ao ar livre, ambientes de descompressão e um café e bar.

Tudo para promover contatos, criatividade, colaboração e diversidade de pessoas, ideias e projetos.

“O Juicyhub é uma alternativa para as pessoas que migraram para o litoral e querem se conectar com talentos locais e também para os santistas que não têm mais a necessidade de percorrer grandes distâncias de fretado até o escritório, uma vez que a flexibilização e o trabalho remoto são uma realidade que veio para ficar”, explica Ludmilla Rossi, idealizadora e fundadora do Juicyhub.

Juicycafe, dentro do Juicyhub

O hub multisetorial tem foco no desenvolvimento econômico e social da região e reúne pessoas e negócios que acreditam que a nova economia é um vetor importante para a mobilidade social e que é fundamental fomentar espaços para que comunidades se encontrem e se fortaleçam.

Capitaneando estão os santistas Ludmilla Rossi e Mauricio Matias, empreendedores desde 2001. Juntos, participaram da fundação de quatro empresas na área de economia criativa. Em 2018, receberam o prêmio global de impacto social e tecnologia (WSA); em 2019, o prêmio Brasil Criativo com o Juicybazar junto com Flávia Saad, e em 2020, Ludmilla foi selecionada pelo programa Winning Women da EY para receber mentorias de expoentes do empreendedorismo nacional.

Também fazem parte do grupo de parceiros estratégicos marcas como Interport, Suvinil, B2Mamy, Spacemoon e Devir, com a visão de colaborar com iniciativas de inovação e impacto.

Para fazer parte do Juicyhub, acesse este link.


Confira a matéria publicada anteriormente.

Matéria públicade em fevereiro de 2020

Ainda no primeiro semestre de 2020 teremos um novo hub de inovação de Santos.

Essa notícia deve ser comemorada. Mas também é preciso esclarecer algumas questões. Afinal, esse será o primeiro hub de inovação da Baixada Santista e isso levanta várias dúvidas sobre o que é, como funciona, para que serve… Enfim, caso você tenha questionamentos desse tipo, está no lugar certo. Sabe por que? O Juicy vai te contar tudo o que sabe sobre o primeiro hub de inovação de Santos

O que é um hub de inovação

Para começar, vamos entender do que se trata.

Em resumo, hubs são espaços onde diversos serviços podem ser encontrados. No caso de Santos, a ideia é que o prédio de sete andares localizado na Vila Nova funcione como uma conexão entre empresas que buscam tecnologia, startups, empresas incubadas, investidores e instituições de apoio ao processo de inovação e alavancagem de negócios. Como se fosse um shopping. Porém, no lugar das lojas, ficam startups e os clientes são outras empresas e investidores.

No mesmo endereço, também fica a nova sede da Fundação Parque Tecnológico de Santos.

juicysantos.com.br - hub de inovação de Santos Imagem: Reprodução

A estrutura surge a partir de um convênio da Prefeitura de Santos com a Secretaria Estadual Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Juntas, investiram R$ 7,9 milhões. Além disso, mais R$ 11,9 milhões foram implementados no projeto pela Ecoporto, através de um termo de medidas compensatórias (Trimmc).

Como vai funcionar o hub de inovação de Santos

De acordo com a divulgação, o prédio será dividido da seguinte maneira:

  • Térreo: estacionamento, recepção e área de eventos;
  • 1º pavimento: estacionamento para motos e bicicletas e academia de ginástica;
  • Entre o 2º e o 4º pavimento: salas de coworking e também escritórios privativas;
  • 5º andar: auditório, café e mais uma área de eventos;
  • 6º pavimento: administração da Fundação Parque Tecnológico de Santos e laboratórios.
  • 7º pavimento: reserva técnica para expansão.

Com essa estrutura, as empresas credenciadas devem ter acesso ao que há de mais moderno em sua área de atuação e poderão adotar posicionamentos estratégicos mais adequados. Também deve rolar atualizações de funcionários por meio de eventos e capacitações.

Ainda segundo a divulgação, para quem tudo isso seja possível o hub de inovação de Santos terá, entre outras coisas, link de internet de alto tráfego, telefonia com cerca de 300 ramais; ambiente de vídeoconferência de alta qualidade; convênios de serviços com instituições de ensino e de apoio; acesso a assessoria jurídica contábil e fiscal; e assessoria em projetos de pesquisa e desenvolvimento e mentorias.

Como fazer parte do hub de inovação de Santos

A Fundação Parque Tecnológico de Santos deve publicar em breve um edital para que a operação do hub de inovação seja desenvolvida por entidade privada. Enquanto esse edital não sai, a gente já sabe que poderão se estabelecer no prédio:

  • Empresas âncoras interessadas em usar a infraestrutura do hub;
  • Startups que desejam se instalar no hub por meio de adesão;
  • Startups que desejam se instalar no hub por meio de seleção feita pelas empresas âncoras;
  • Empresas em fase incubação;
  • Outras instituições de apoio aos programas de inovação.

Mais informações devem sair em breve. Então, se você tem uma empresa que se enquadra em um desses perfis, é bom ficar de olho!

O prédio do hub de inovação de Santos já tem local: está na Rua Henrique Porchat (Vila Nova).