Ludmilla Rossi
Texto porLudmilla Rossi
37 anos - Santos

7 fotos históricas do Juicy Santos e outras memórias

Hoje o Juicy Santos completa sete anos. Caracas! São SETE anos.

Em 21 de fevereiro de 2011 o site foi ao ar, menos de um mês depois de eu e a Flávia Saad nos conhecermos, apresentadas pela Nathália que fez parte da primeira fase do Juicy Santos.

Dizem que 7 é um número mágico, pitagórico, que representa o espírito e a matéria, um ciclo completo, o conhecimento e espiritualidade, mas na boa? SETE *UCKING YEARS representam uma ralação gigantesca pra fazer as coisas acontecerem.

Entre o nosso go live e hoje o Juicy Santos se orgulha de ter recebido mais de 11 milhões de acessos, de ter publicado mais de 8.000 artigos e se tornado um dos canais mais relevantes para gerar movimento entre cidades e pessoas. Principalmente aqui na Baixada Santista.

Foto 1 - Flávia atacando de fotógrafa
2011, no primeiro evento que fizemos – Flávia atacando de fotógrafa

Que orgulho do nosso caminhar! Além de termos feito informações decolarem e ganharem o mundo, nós ajudamos uma infinidade de produtores culturais, artistas, causas, ideias e planos a saírem do papel. A gente transformou nossa própria jornada de querer se conectar profundamente com a cidade e o que ela oferece de melhor, transformando a lacuna que nós sentíamos em algo que pudesse beneficiar a toda uma geração de santistas.

A gente acertou muito, errou muito, publicou sem pensar, pensou duas vezes e no final das contas a gente tem que agradecer a essas milhões de pessoas que nos deram o que há de mais valioso hoje: sua atenção.

A gente tá num momento do mundo onde notícias falsas e muito click bait rolam soltos, então ter uma atenção genuína do público é algo que não dá só para agradecer. Levaríamos 7 anos só escrevendo sobre o tamanho da nossa gratidão por todos vocês que leem o Juicy Santos e nos deixam avaliações lindas no Facebook.

21/02/2011

Pare e pense o que você estava fazendo em 21 de fevereiro, há exatos 7 anos atrás. Possivelmente, além de estar morrendo de calor e derretendo na umidade do verão santista, você enfrentava mais segunda-feira quente. Pra gente, além de sofrer com o calor, a gente tomou um susto quando viu que 500 pessoas acessaram o Juicy Santos em menos de duas horas de site no ar. Quem já teve um blog ou site sabe o quanto isso não é tão comum.

Passado o susto, foi a hora de começar.

Iniciamos nossa jornada no mesmo dia em que nasceu David Foster Wallace, um contador de histórias que sempre nos inspirou – e cujo seu texto contando sobre um evento local no Maine, mexeu profundamente comigo. Nem de longe eu escrevo como David, mas quando li um de seus textos senti que queria fazer por Santos o que ele fez criativamente pelo Festival da Lagosta do Maine.

“O tipo de liberdade que realmente importante envolve atenção, consciência, disciplina, esforço e capacidade de efetivamente se importar com os outros, repetidamente, numa miríade de maneiras triviais e sem glamour, todos os dias. Isso é liberdade de verdade.”
David Foster Wallace

Foto 2 - Desde 2011 a gente fala issoDesde 2011, a gente fala isso – eu e Nathália em palestra na Unisanta

No mesmo dia em que o Juicy Santos nasceu, 86 anos antes, foi publicada a primeira edição da revista The New Yorker, que nasceu para falar de eventos e da vida cultural de Nova York (Santos é minha cidade amor e Nova York é minha amante, que fique claro), que é uma referência para nós. A The New Yorker tem uma audiência enorme fora de Nova York, justamente por ter mostrado ao público o quão interessante a cidade é independente de você estar lá. Aliás, um dos grandes orgulhos desses últimos 7 anos foi ter “descoberto” uma estátua de um santista no meio do Bryant Park, em Manhattan.

Como tão pouca gente sabia disso, benzadeus?

Essa curiosidade, esse encantamento pelo que é cotidiano, essa nova forma de olhar, nunca se apagou em mim e na Flávia, desde o nosso primeiro dia juntas. Pelo contrário, não teve cansaço que fez essa chama diminuir, nosso cansaço foi só a nossa gasolina pra viver tudo isso. E não vamos negar que a gente se divertiu horrores em muitas situações trágicas e cômicas.

Eu não sei vocês, mas quando a gente tá chorando de rir, o tempo passa muito rápido.

Eu ajeitando as coisas pra compartilhar conhecimento com outras produtoras de conteúdo de Santos Em 2011, eu ajeitando as coisas pra compartilhar conhecimento com outras produtoras de conteúdo/blogueiras de Santos

Assim passaram-se 7 anos

São 7 vidas felinas, pois tenha certeza que o Juicy morreu várias vezes. Você acha que a gente nunca pensou em desistir?

São 7 dias da semana, e não há um dia sequer que você entrará aqui e não achará novidades.

São 7 maravilhas do mundo, que tenha certeza que um dia você vai ver posts nossos sobre todas elas.

São 7 notas musicais e você vai ter todas nas bandas e artistas que revelamos.

São 7 chacras, que nutrem nossas crenças, intuição (que a gente usa pacas), criatividade, sentimentos, emoções, alegria e conexão com a nossa terra.

São 7 artes e você verá a lista ultrapassando a sétima arte aqui também.

Mano, e por fim são 7 CANAIS nessa bagaça pra fechar o assunto, porque os canais são os chacras de Santos, HAHAHA.

Em 2013, tivemos o prazer de receber a Ju Goes como voluntária e doadora do Juicybazar. Três anos depois estávamos fazendo o Juicybazar juntas <3Em 2013, tivemos o prazer de receber a Ju Goes como voluntária e doadora do Juicybazar. Três anos depois estávamos fazendo o Juicybazar juntas <3
Na foto Ju, eu, Gi (sempre presente nos bazares), Aline (que fez parte da segunda fase do Juicy) e Flávia.

Em 2015 com a equipe reforçada com a jornalista Victória SilvaEm 2015 com a equipe reforçada com a jornalista Victória Silva

Em 2017, no épico JuicybazatEm 2017, no palco do Juicybazar mais épico até agora (todas as infos nesse post)

Parte da equipe do Juicybazar e Juicy SantosMauricio, Aline, Inaiá, eu, Flá, Ju, Alê e Cris: parte da equipe de voluntários que fez e faz o Juicybazar ser incrível

Eu só queria ter achado uma foto que não achei.

A foto do primeiro dia, no finado Santa Marta, em que em menos de duas horas de conversa a gente definiu como seria o Juicy Santos.

Mas muito bem: é passado. Como diz aquela frase que eu não faço a mínima ideia de quem é, “o passado está na mente e o futuro nas mãos”.

Flávia e time do Juicy Santos e Mkt Virtual, muito obrigada por sujarem as mãos de areia comigo. <3

#MANDAMAIS

www.juicysantos.com.br - 7 anos do juicy santos o melhor de santos na internetwww.juicysantos.com.br - 7 anos do juicy santos o melhor de santos na internet www.juicysantos.com.br - 7 anos do juicy santos o melhor de santos na internet www.juicysantos.com.br - 7 anos do juicy santos o melhor de santos na internetAlguns tweets da galera do dia 21/2, quando o Juicy Santos entrou no ar