Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Quer tirar as metas do papel e não sabe como? Aqui estão dicas pra você

Tem coisas que não mudam. Uma delas é: no fim de cada ano, a gente sempre cria metas para os próximos 365 dias.

Outra é que, quando o ano começa, ninguém sabe exatamente o que fazer para tirar as metas do papel. Aí a gente deixa para depois do Carnaval, as coisas embolam e, quando nos damos conta, a Simone já está jogando na cara que o Natal chegou e nós não fizemos nada.

www.juicysantos.com.br - dicas para atingir suas metas

Ser adulto é complicado, né?

Mas não dá para passar a vida toda lamentando e também não é uma opção deixar as metas sempre no papel. Por isso, nesse início de ano, o Juicy Santos decidiu descobrir e te contar como tirar as metas do papel.

Desbugue a mente para tirar as metas do papel

De acordo com Elis Borsoi, especialista em Programação Neurolinguística (PNL) e autora, assim como os computadores, o nosso cérebro também apresenta bugs. Ou seja, faz que a gente insista em comportamentos que limitam nossa capacidade. Por isso, o primeiro passo para alcançar aquela meta é ‘desbugar’ a mente.

“Em resumo, esse é um processo que envolve ampliar a consciência de maneira contínua. Temos que descobrir a origem dos traumas que causaram ansiedade excessiva, raiva, mágoa, angústia, vazio no peito, medo, dificuldade de relacionamento, compulsão por comida ou vício, por exemplo”, comenta.

Para a especialista, esse processo pode começar em um caderno ou meio digital no qual devemos anotar os principais sentimentos ou comportamentos do ano anterior que causam arrependimento e não queremos repetir. Em seguida, ela recomenda selecionar um desses sentimentos da lista e entender em qual momento ele começou.

De acordo com ela, assim a pessoa amplia a consciência com relação a esse sentimento ou comportamento e começa a jornada para agir de forma diferente.

Planner ou bullet journal

Além de compreender os motivos da sua auto sabotagem e dribla-los, também é importante se organizar para a realização das suas metas. Se você quer, por exemplo, entrar em curso de línguas, entenda o que você precisa para fazer isso.

  • Quanto custa o curso?
  • Em que dias da semana são as aulas?
  • Quais gastos você terá que cortar ou como pode conseguir uma renda extra para pegar o valor?

Pense também se as suas metas são possíveis, para evitar uma decepção. Se você quer comprar uma casa própria, pode ser viável dividir a meta em fases e ter a sensação de vitória a cada conquista – no lugar de sentir que fracassou por ainda estar no aluguel.

Organizar o seu tempo e essas etapas em uma agenda pode te ajudar com isso. Nos últimos anos, tanto o planner quanto o bullet journal se tornaram populares. Você pode adotar um dos métodos ou então usar aplicativos digitais para te ajudar. O Google Agenda quebra um galho e o Trello também é uma opção bastante popular.

Só não deixe de dar a devida importância às suas metas pessoais da mesma forma como você faz no trabalho, por exemplo.