Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Quem foi Esmeraldo Tarquínio, o primeiro prefeito negro de Santos

  • 1
    Share

Ele teve cerca de 45 mil votos em 1968.

Foi o primeiro prefeito negro da história de Santos. Até os dias de hoje, segue sendo o único homem negro que esteve perto de administrar a cidade.

smeraldo Tarquínio venceu a eleição, mas não chegou a tomar posse e dar início a seu mandato.

Tinha uma pedra no meio desse caminho. No meio dessa caminho, estava a ditadura militar.

Anos depois, Tarquínio voltou a tentar assumir a prefeitura. Tinha amplíssima vantagem nas pesquisas eleitorais, mas faleceu dias antes da eleição. Seu vice entrou e ele esquecido por muitos santistas anos depois.

www.juicysantos.com.br - esmeraldo tarquinio foi prefeito de santos mas nunca assumiu pois foi cassado pela ditadura militarFoto: Rafael Herrera/reprodução do livro Tarquínio – Começar de Novo

Você sabe quem foi Esmeraldo Tarquínio?

Mesmo tendo uma escola no Bom Retiro, bairro de Santos, com seu nome e uma das salas da prefeitura também nomeada em sua homenagem, Tarquínio é um personagem santista que não faz parte do repertório de muita gente por aqui.

Entre os seguidores do Juicy Santos no Instagram, por exemplo, mais da metade afirmou não conhecer o político.

Se você faz parte dessa turma, o Juicy Santos vai te ajudar e te apresentar essa história. Que começa em São Vicente, em abril de 1927.

Apesar de nascido em terras vicentinas, Esmeraldo Tarquínio não viveu por muito tempo por lá. Seu pai, também Esmeraldo, faleceu em decorrência de uma tuberculose quando ele ainda era um menino de 7 anos. Aos nove, seu lar já era São Paulo e, logo em seguida, mudou-se para Santos.

Foi por aqui que Tarquínio teve seu primeiro contato com os jornais. Já que atuou como redator no Jornal da Noite. Depois, trabalhou como office-boy em um escritório de advocacia e, então, vendedor de uma livraria. Atividade essa que, de acordo com registros, ele considerava a mais importante de sua história. Visto que foi por lá que teve contato com livros e aprendeu inúmeras coisas como, por exemplo, inglês.

www.juicysantos.com.br - esmeraldo tarquínio prefeito negro de santosFotos: Memória Santista

Início da carreira política

Largou o emprego em 1950, quando entrou para a faculdade de Direito.

Também foi mais ou menos nessa época que sua trajetória política teve início. Neste sentido, o jovem ingressou no Partido Social Sindicalista (PSP) e até trabalhou na campanha de Jânio Quadros anos depois. Em 1959, saiu candidato a vereador aqui em Santos e teve 689 votos. Foi eleito e virou vice da câmara.

Mas engana-se quem pensa que Tarquínio foi o primeiro vereador negro de Santos. Antes dele, tivemos Quintino de Lacerda, o primeiro vereador negro do Brasil. Lá em 1895. Depois do período como vereador, Tarquínio se elegeu deputado estadual duas vezes.

Uma história que se tornou livro

E, então, a gente chega no episódio da Prefeitura de Santos.

Foram mais de 45 mil votos e ele chegou a ser diplomado, mas teve o mandato cassado pelo Governo Militar antes da posse. A história chamou a atenção do jornalista santista Rafael Motta que, em 2012, lançou um livro sobre a trajetória de Tarquínio.

Tarquínio – Começar de novo saiu pela Editora Universitária Leopoldianum.

“Em 2009, quando faria 40 anos da cassação dele, me pediram para fazer uma reportagem sobre ele em A Tribuna”, conta.

A reportagem de página dupla teve algumas semanas de pesquisa. Mas a curiosidade sobre o personagem se manteve com o jornalista que, em 2011, decidiu retomar a pauta e se aprofundar um pouco mais na história.

“Minhas pesquisas foram desde os arquivos de A Tribuna até a biblioteca pública do Estado e edições do Diário Oficial do Estado”.

Em um ano e dois meses, Motta descobriu vários detalhes sobre a vida de Tarquínio. Entre as quais, está a luta contra o preconceito de raça e sobre a questão social. No período como debutado, por exemplo, ele defendeu que que Santos precisava de novos setores de trabalho – visto que boa parte da população era de pessoas pobres. Além disso, propôs várias vezes que as empresas deveriam pagar um salário digno (na época, não existia salário mínimo) para possibilitar a construção de moradias e foi responsável por projetos sobre esgotamento da periferia.

www.juicysantos.com.br - esmeraldo tarquínio prefeito negro de santosFoto: Fundação Palmares

Oficialmente um dos prefeitos de Santos

Já que teve o mandado cassado, Tarquínio não foi considerado oficialmente prefeito por muitos anos. Aqui, vale dizer: após sua cassação, Santos perdeu o direito de escolher seus prefeitos e, mais uma vez, o personagem teve papel importante nessa mudança. Visto que foi ele quem fez movimentações pela conquista desse direito novamente.

Não chegou a ser eleito. Como você já sabe.

Mas, em 2017, finalmente foi declarado prefeito de Santos. Graça à lei 3.373/2017. Uma reparação histórica que demorou quase 50 anos para acontecer.