10/03/2018 Por Juicy Santos Moda

Você usa a moda ou a moda usa você?

Numa época de informações aceleradas e descartáveis, as pessoas estão cada vez mais acostumadas a criar impressões rápidas em um primeiro impacto visual, portanto nunca foi tão verdadeira a afirmação “a primeira impressão é a que fica”.

Toda imagem comunica algo e 80% de toda informação recebida por nossos sentidos vem dos olhos.

Por isso, não é difícil entender o porquê de julgarmos pela aparência, antes mesmo de qualquer palavra… E você, o que anda comunicando por aí?

www.juicysantos.com.br - workshop de estilo em santosFoto: Clem Onojeghuo para Unsplash

Com a correria da nossa rotina, a imagem que projetamos pode ser totalmente diferente daquela que nós queremos passar – seja na vida pessoal ou profissional.

Muitas vezes quando olhamos no espelho não nos reconhecemos ou não estamos satisfeitas com o que vemos. E como fazer para resgatar essa identidade?

Você olha para o seu armário lotado e pensa que não tem nada pra vestir? Perde horas escolhendo uma roupa e sai sempre com a mesma coisa?

Se rende às tendências das vitrines, mesmo que elas não sejam necessariamente a sua vibe?

Você usa a moda ou a moda usa você?

Fernanda Barroso entende do assunto. A consultora de estilo cresceu dentro da Tutti Quanti, loja que marcou época em Santos nos anos 70, 80 e 90.

“Trabalhei lá todas as minhas férias da adolescência e adorava ver o entra e sai de mulheres, que se transformavam depois de experimentarem roupas e acessórios que as transportavam para um mundo mágico, onde elas podiam tudo! Mas quis fugir da moda. Para uma menina de 20 anos que queria mudar o mundo, parecia fútil demais. Então me formei em Propaganda e Marketing, me afastando desse mundo mágico, mas não totalmente”. 

Fernanda se aventurou com uma marca de bijuterias, a Chiquita Bacana, e com design de objetos de decoração.

De volta ao negócio da família, anos mais tarde, percebeu que as mulheres têm grande dificuldade de se vestir, ousar e mostrar sua essência. Então, depois de muito estudo, criou uma consultoria de imagem pessoal, a  The Style Lab.

“Quero resgatar a autoestima e devolver a liberdade de decidir e controlar o próprio destino das mulheres que passarem pelo meu caminho. E entendi finalmente, que o trabalho da minha mãe e da minha tia na loja era exatamente esse. E que a moda pode ser uma poderosa ferramenta pra chegar lá”, conta.

www.juicysantos.com.br - thestylelabFernanda está organizando um workshop de estilo pessoal em Santos, que tem início nesta quarta-feira (14 de março).

Segundo a profissional da The Style Lab, o treinamento vai ajudar a facilitar o seu dia a dia de forma prática.

As alunas vão aprender a escolher o que mais valoriza o seu tipo físico, personalidade e estilo de vida, quais as suas melhores cores, proporções e combinações para ganhar mais segurança e confiança ao se vestir. Além disso, outras lições importantes dizem respeito à economia de tempo e dinheiro. E quem nesse mundo não quer isso?

Mas como? Ela dará dicas de como se arrumar mais rápido, trabalhar o guarda-roupa para multiplicar possibilidades e evitar gastos desnecessários com compras inteligentes que realmente valem a pena.

São quatro encontros de imersão, com intervalo de uma semana para melhor assimilação e aplicação do conteúdo aprendido em aula, e somente 10 participantes por turma, garantindo um melhor aproveitamento e atenção para cada uma.

Autoconhecimento

“Toda mulher deveria passar por esse processo de autoconhecimento: quem quer dar uma rejuvenescida ou um upgrade no estilo, perdeu muito peso, ganhou muito peso, mudou de emprego, mudou de cargo, começou um novo relacionamento, terminou um relacionamento, teve bebê, está grávida, mudou de cidade ou país ou só enjoou do armário”, diz Fernanda. 

A fisioterapeuta Carol Koide, por exemplo, refletiu durante o curso sobre sua personalidade e sobre o seu jeito de comprar.

“Fui fazer o curso com uma certa resistência interior. Achava necessário, mas não tinha a menor vontade. Foram momentos ótimos para refletir sobre personalidade e rever minha imagem. Eu achava que para ter roupas boas você tinha que gastar horrores. Foi uma experiência maravilhosa e uma aquisição de conhecimento sem preço”. 

Entre os assuntos abordados, estão a importância e a construção da imagem pessoal, como identificar seu estilo, análise corporal e o que favores ou desfavorece cada biótipo, consumo consciente, quais cores são ideais para cada pessoa, como montar um armário eficaz e truques de styling, entre outros.

O curso vai rolar nos dias 14, 21, 28 de março e 4 de abril, das 19 às 22 horas, no Estanconfort Pompeia.

Você pode reservar sua vaga pelo e-mail [email protected]. O investimento é de R$ 100 para reserva de vaga e 4xR$ 187,50 em cheques ou parcelamento em até 10x no cartão. Quem faz o curso ganha também suporte por Whatsapp ao longo do período e acesso ao grupo fechado de apoio e dúvidas no Facebook. Ao convidar uma amiga, você ganha 20% de desconto.

 

Share Button