Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
38 anos - Santos (SP)

A Casa Amarela, com Gero Camilo, no Sesc Santos

A Casa Amarela é o nome de uma pintura de 1888 do holandês Vincent Van Gogh.

A obra empresta seu nome a uma montagem que chega a Santos e que promete ser imperdível. No dia 15 de fevereiro (sábado), às 20 horas, o teatro do Sesc Santos recebe uma única sessão da peça, que tem Gero Camilo como protagonista.

E, se você quiser assistir, é bom correr. Os ingressos estão disponíveis a partir desta terça-feira (4 de fevereiro) online (veja o link no final da matéria) e na quarta-feira (5 de fevereiro) nas unidades do Sesc.

www.juicysantos.com.br - a casa amarela com gero camilo no sesc santos

A Casa Amarela no Sesc Santos

O espetáculo mostra a jornada de Van Gogh para montar uma comunidade de artistas em Place Lamartine, na cidade de Arles (sul da França). Os anos mais criativos do gênio do Pós-Impressionismo se deram nesse local.

A Casa Amarela reunia vários e diferentes artistas. No estúdio, todos poderiam pintar, interagir, trocar ideias, compartilhar técnicas e se inspirar pelos arredores. Além disso, também dividiam as despesas. Entre os talentos que se encontraram na casa, estavam Paul Gauguin e Émile Bernard.

No fim do século XIX, a arte passou a refletir de forma incisiva as mudanças que aconteciam na sociedade, como a Revolução Industrial.

O sonho revolucionário de cooperação Van Gogh deu origem ao monólogo escrito por Camilo, com direção de Marcia Abujamra.

www.juicysantos.com.br - a casa amarela de van gogh

Ingressos para A Casa Amarela

Como já falamos, você pode comprar seu ingresso a partir de terça-feira no site do Sesc Santos ou na bilheteria do Sesc Santos. Os preços são os seguintes:

  • R$ 9 (credencial plena do Sesc Santos)
  • R$ 15 (meia entrada)
  • R$ 30 (inteira)

O Sesc Santos fica na Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida.

Curiosidades sobre a Casa Amarela

A famosa Quarto em Arles retrata um dos cômodos da Casa Amarela.

A cor da fachada, tão presente na própria obra de Van Gogh, foi escolhida pelo próprio artista.

Na Segunda Guerra Mundial, bombardeios destruíram boa parte do imóvel. Teve várias reconstruções até, por fim, ser demolido.