Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

Bailarinas de Santos batalham para competir nos EUA

As piruetas e delicados passos do ballet não encantam apenas ao público – é o amor a essa dança que motiva meninas e meninos a dedicar horas e mais horas de seus dias aos cansativos ensaios com um único objetivo: ser reconhecido pelo talento.

Nós já falamos aqui sobre a Arielly, que deseja fazer um intercâmbio cultural em uma das melhores escolas de dança do mundo. Agora, é a vez de outras 12 jovens santistas, entre 11 a 18 anos, lutarem pela realização de um sonho.

Pequena essênciaFoto: Douglas Aby Saber / Ag. O Dia

A galerinha do projeto Pequena Essência iniciou uma batalha contra o tempo. Eles têm até julho para conquistar a solidariedade dos santistas e, assim, embarcar para a final do Alliance Dance World Competition, na cidade de Anaheim (Califórnia, Estados Unidos).

Para isso, foi organizada uma campanha de financiamento coletivo. A verba arrecadada irá viabilizar hospedagem, transporte terrestre e alimentação do grupo durante a viagem de 9 dias, marcada para agosto.

Mas, não se assuste se encontrar bailarinas pelas ruas do Gonzaga e Boqueirão. As sapatilhas e tutus foram convocados para pedágios pelos bairros, com intuito de divulgar a causa e arrecadar fundos. No dia 18 de abril (sábado), elas estarão na Praça das Bandeiras, das 9 às 11h30. Já no dia 25 de abril, é a vez da Av. Conselheiro Nébias se tornar palco das bailarinas, no mesmo horário.

Esta e a primeira vez que Santos pode ser representada no festival californiano. “Sempre participamos de campeonatos nacionais e ao vencer o festival de Salto, no ano passado, elas foram classificadas para a grande final da Califórnia. Elas sonham com essa chance, de dançar com bailarinos de vários países, pois será uma experiência única e importante, por representarem a cidade num evento artístico tão conceituado” explica a diretora e professora do grupo, Isabella Mello.

Conheça a história do Pequena Essência e faça a sua doação: