Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Todos os nomes da avenida da praia de Santos

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

Num passeio pelos 7km de orla de Santos, você encontra não somente uma belíssima paisagem e um jardim encantador.

Personalidades que entraram para a história são homenageadas e, na maioria das vezes, passam despercebidas.

jornal santista

Isso não acontece só nos 33 monumentos (sim, 33!), mas também na via que liga os sete canais. Vamos lá, santista, sem pensar muito, responda: como se chama a avenida da praia?

Não serei radical em dizer que todos estão errados ou parcialmente certos. Mas acredito que a grande maioria não citou os cinco – vou repetir – CINCO, nomes da avenida.

A divisão é a seguinte:

mapa santos

Da divisa com São Vicente até a Av. Ana Costa, você está na Av. Presidente Wilson. A partir daí, passa para a Av. Vicente de Carvalho. Ao chegar no Boqueirão (Av. Conselheiro Nébias), seu passeio continua na Av. Bartolomeu de Gusmão que dá espaço para a Av. Almirante Saldanha da Gama próximo ao Museu do Mar, que passa por trás do Aquário e deixa a orla com a Av. Dr. Samuel Augusto Leão de Moura (fica a dica para o Google Maps). Ufa, acabou!

A divisão nem sempre foi assim. Lá em 1910, quando foi planejada pelo engenheiro e santista Saturino de Brito, a avenida iria se chamar “Beira Mar” (muito mais prático, convenhamos).

No entanto, com o decorrer do tempo, apareceram os atuais nomes.

IMG_20150202_170828

A internet não diz muito sobre este fato, ou melhor, não diz nada.

Mas a Hemeroteca da cidade é uma fonte inesgotável de informações.

Com um pouco de tempo e curiosidade, descobri que o primeiro trecho da avenida ganhou seu nome logo após a Primeira Guerra Mundial (dia 2 de abril).

Tanto o segundo quando o terceiro trecho foram projetos de lei do vereador João Manuel Alfair Rodrigues, inaugurados no mês de fevereiro dos anos 1926 e 1921, respectivamente.

Saldanha da Gama foi homenageado em 1926 – porque será que sempre em fevereiro?.

A inauguração da nova nomenclatura da avenida contou com a presença do então presidente Getúlio Vargas, que estava na cidade para uma solenidade na Santa Casa e a inauguração do Aquário Municipal.

O último trecho, no entanto, é desconhecido até da Hemeroteca (Google maps, você esta desculpado).

Descobri também que a minha, ou melhor, nossa curiosidade, é bem antiga. Um companheiro de profissão fez uma matéria em 1997 questionando os nomes da avenida. Espero ter ajudado ele também!

jornal2

Curiosidades 

Ao saber que tantas pessoas foram homenageadas, tendo seus nomes na mais bela avenida de Santos, você deve estar se questionando: mas por que tamanha honra? Todos os nomes são bem familiares. Porém vale relembrar as aulas de história.

¬ Thomas Woodrow Wilson presidiu os Estados Unidos da América durante dois mandatos (1912 – 1921). No período em que esteve a frete do país, um dos capítulos da história era escrito: a Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918). Um dos personagens centrais do processo de paz após este momento, Wilson redigiu o tratado dos 14 pontos que determinou as diretrizes para a paz. Por seu trabalho com o tratado, ganhou o Nobel da Paz de 1919.

¬ Nascido em Santos, Vicente de Carvalho acumulou funções durante sua vida, mas foi como jornalista e poeta que ganhou reconhecimento. Foi redator do Diário de Santos, Diário da Manhã, colaborador em A Tribuna e fundador de O Jornal. Além das colaborações na Folha de S. Paulo. Na poesia suas influências eram parnasianas. Entre suas obras, destacam-se “Palavras ao mar”, “Cantigas praianas”, “A ternura do mar”, “Fugindo ao cativeiro”, “Rosa, rosa de amor”, “Velho tema”, “O pequenino morto”.

¬ Sacerdote e inventor santista, Bartolomeu de Gusmão construiu o primeiro balão do mundo. Tornou-se padre em 1701 e se mudou para Lisboa. Porém teve de fugir para a Holanda, pois foi perseguido pela Inquisição, por ter amigos judeus. No país, fez experimentos com lentes. Formado em Direito, o ‘padre voador’ ainda atuou em tribunais, foi membro da Academia Real de História e cumpriu missões diplomáticas.

¬ Militar da Marinha do Brasil, Luís Filipe de Saldanha da Gama foi condecorado na Campanha Oriental, da Guerra do Paraguai, da Rendição de Uruguaiana e a do Mérito Militar. Liderou a Segunda Revolta da Armada (1893). Morreu em combate em 1895.

¬ Nascido em Niterói, Dr. Samuel Augusto Leão de Moura chegou a Santos em 1921. Na cidade, fundou seu próprio laboratório onde dirigiu o serviço de controle da peste bubônica. Foi também iniciativa sua a Casa da Criança, entidade voltada a crianças com deficiências. Atuou como primeiro presidente da Associação dos Médicos de Santos e sócio-fundador do Rotary Club de Santos. Recebeu o titulo de Cidadão Santista por seus feitos.