Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos

Assista a uma ópera gravada na Casa da Frontaria Azulejada

  • 1
    Share

Por aqui, nós amamos arte.

Você também? Então é provável que, vez ou outra, bata aquela saudade de ir ao cinema, teatro ou um show, por exemplo. Ainda não dá curtir como antes da pandemia, mas a gente tem uma novidade legal para te contar.

Uma ópera foi gravada na Casa da Frontaria Azulejada

O Telefone é uma composição do italiano (naturalizado norteamericano) Gian Carlo Menotti, de 1947. A versão gravada aqui em Santos teve direção geral de Flávia Furtado e aconteceu graças aos recursos da Lei Aldir Blanc.

A apresentação ficará disponível no YouTube, a partir de 30 de abril.

“O mercado da ópera tem uma das maiores cadeias produtivas dentre as diversas manifestações artísticas, entre os artistas que estão no palco e uma grande quantidade de técnicos que atuam nos bastidores, que têm sido imensamente afetados pela crise sanitária”, diz Flávia Furtado, a diretora geral do projeto.

A produção contou com mais de 15 profissionais envolvidos. Exatamente por isso, a gravação aconteceu na Casa da Frontaria Azulejada – que tem maior circulação de ar. Mesmo assim, toda a equipe usou máscara durante o trabalho.

Apenas os cantores, que fizeram teste de COVID-19, puderam ficar sem elas.

juicysantos.com.br - ópera gravada na Casa da Frontaria AzulejadaImagem: Divulgação/Equipe completa da ópera gravada na Casa da Frontaria Azulejada

“Um dos grandes prazeres deste trabalho foi sair um pouco do ambiente de lives caseiras e de ensaios a distância. É impressionante a felicidade de poder fazer música junto com outras pessoas e dentro de uma produção profissional”, comenta Flávio Lago, pianista.

E você conhece a história da Casa da Frontaria Azulejada? Vale a pena entender o que essa construção significa para a história de Santos.

Sobre a ópera

O Telefone narra a história de Lucy, Ben e O Telefone, sendo por isso também conhecida como L’amour a trois (O amor a três).

Ben chega à casa de Lucy com o objetivo de fazer um pedido de casamento, porém não consegue, tanto pela dificuldade em expressar seus sentimentos quanto por ser interrompido incessantemente pela relação de Lucy com o telefone. A ópera aborda de forma cômica como a modernização pode trazer ao mesmo tempo aproximação e distanciamento nas relações.

Amou? Então não esquece de passar no canal do YouTube da Vlaanderen Produções Culturais para assistir à ópera.