Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
38 anos - Santos (SP)

Museu do Café lança drinque em homenagem às mulheres

Já que março é o nosso mês (EBA!), a Cafeteria do Museu colocou no cardápio o drinque Mãe D’Ouro, uma homenagem às mulheres. Feita com pêssego, groselha, café (claro) e um toque de pimenta, a bebida tem edição limitada só até o fim do mês.

Mãe D'ouro

“Buscamos harmonizar ingredientes com características marcantes, que estimulassem sensações distintas durante a degustação e que oferecessem sabor único e inesperado”, explica André Almeida, barista responsável pela criação.

O nome curioso faz referência a uma personagem importante do folclore nacional. A Mãe D’Ouro está representada em posição de destaque no vitral “A epopéia dos bandeirantes”, do pintor Benedicto Calixto, que fica no próprio museu. Segundo a lenda indígena, a divindade protegia o ouro que não poderia ser encontrado pelos homens no fundo dos rios, longe dos olhos dos bandeirantes que desbravavam o interior do País. De cabelos loiros, Mãe D’Ouro aparece nua no centro do vitral de Calixto confiando um punhado de ouro a uma de suas ninfas que emerge do rio. Ou seja, era uma moça superpoderosa!

Museu do Café

Nesse vídeo, o barista André Almeida ensina a preparar o Mãe D’Ouro.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Até 28 de março, funciona em horário especial, de segunda a sábado das 9h às 17h, e aos domingos entre 10h e 17h. Os ingressos para visitação custam R$ 5, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 8h às 18h e aos domingos entre 10h e 18h.