07/11/2017 Por Victória Silva Música, Solidariedade

Música boa + doação de cadernos para a África em Santos

Moçambique é considerado um dos países mais pobres e menos desenvolvidos do mundo.

Os números assustam. Por isso, uma turma de santistas decidiu fazer um trabalho de formiguinha em busca de mudança. Eles ajudam a reformar ou construir espaços escolares nas aldeias da nação africana. E, mesmo sem sair da cidade, você pode dar uma força nessa meta.

Nós estamos falando do projeto Cadernos para África.

cadernos para africaImagem: Reprodução

“Em 2005, nós iniciamos um contato com a ONG Fraternidade sem Fronteira com a ideia de auxiliar como educadores e descobrimos que as crianças não tinham material básico para estudar. Muitos escrevem no chão. Decidimos mandar cadernos personalizados anualmente”, explica Ana Lucia Caetano.

Funciona assim: cada criança adotada recebe um caderno personalizado, com bordados e seu nome na capa.

Todos os anos, o grupo divulga o trabalho e distribui listas com o nome de 10 crianças. Os interessados devem confeccionar as capas do caderno, seguindo as diretrizes passadas pelos organizadores.

Além disso, ao assumir as capas, o voluntário doa R$50 para compra dos seus 10 cadernos em Maputo (capital de Moçambique).

“Optamos em comprar os cadernos no próprio país de origem para que as caravanas não excedam o peso de bagagem e que as autoridades do país visitado não pensem que estamos comercializando produtos nacionais”.

Música boa + doação de cadernos para a África em Santos

Se você não sabe bordar ou não tem tempo para personalizar um caderno, ainda pode contribuir com a educação dessa criançada.

Na próxima terça-feira (14 de novembro), às 20 horas, rola um show beneficente no Teatro Coliseu. Quem se apresenta é o cantor Plinio Oliveira e toda a renda arrecadada será revertida para o projeto.

O ingresso custa R$ 35. No dia do show, também acontece uma exposição com os cadernos feitos aqui em Santos e outras cidades participantes (são 32 no total). Tá aí uma boa oportunidade de conhecer o projeto e se tornar um voluntário.

Confirme presença no Facebook!

Os ingressos estão à venda na Rua Marcilio Dias, 17, Gonzaga ou Rua Nabuco de Araújo, 164, Embaré.

O Teatro Coliseu fica na Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico.