11/09/2018 Por Flávia Saad Vida caiçara

Morar em Santos: esta família de 6 veio de Bauru viver no litoral

Vir morar em Santos não foi algo extremamente planejado para a família de Michelle Yumi, de 35 anos.

Tudo aconteceu muito rápido.

No entanto, parece que essa família de 5 pessoas e um pet está curtindo muito a cidade.

www.juicysantos.com.br - morar em santos a história da michelle

Michelle até criou o instablog Cheguei em Santos, com o objetivo de ajudar pessoas na mesma situação que vão ou pretendem se mudar para Santos e também para agradecer pela receptividade que encontrou por aqui.

Junto com o marido Fernando, as três filhas, Luanna, Nicolle e Bianca e o cachorrinho Romeu, Michelle estava morando em Bauru há 13 anos. Foi em julho de 2018, após Fernando receber uma oportunidade de trabalho no litoral que eles decidiram viver em Santos.

“A primeira impressão é que trata-se de uma cidade bem completa onde não teríamos defasagem em nenhum aspecto. E ainda temos a praia”, diz Michelle.

E a gente quis saber como está sendo a experiência pra essa família linda.

Morar em Santos vindo do interior de São Paulo

Juicy Santos: Qual a maior vantagem de morar em Santos?
Michelle Yumi: A maior vantagem de morar em Santos tem sido a sensação de segurança. Apesar de vir do interior, onde o índice de criminalidade não é dos maiores, aqui nos deparamos com boa iluminação, muitos pedestres, policiamento mais presente. Sei que não estamos ainda no cenário perfeito e que temos muito a melhorar. Mas, comparado a diversos lugares que já estivemos, temos uma sensação boa.

Além disso, há a energia do mar. Ah, o mar…

Juicy Santos: Como foi o processo de mudança? Escolher o bairro em Santos, achar apartamento, etc?
Michelle: Foi um pouco tenso, pois não tínhamos referência de bairro, pessoas, imobiliárias. Era tudo desconhecido.

Comecei os contatos com as escolas (para as crianças) por telefone. Eu viria num final de semana e não teria como visita-las. No entanto, muitas não passam nenhuma informação por telefone. Isso sobre a metodologia de ensino e principalmente a preços. Por diversas vezes, tentei negociar que fosse me informado o valor “cheio” da mensalidade ou uma média de valores. Mas não funcionou muito bem. Então, então tive que mudar a estratégia. E achar onde morar antes de fechar a escola.

Com ajuda da internet e muito do Juicy Santos, fui conhecendo os bairros, suas avaliações e comodidades. E, como uma família decidida a vir do interior (cerca de 400 km de distância do mar), tínhamos em mente que gostaríamos de ficar o mais próximo possível dele.

Falamos com diversas imobiliárias, sites e proprietários para agendar o máximo de opções possíveis. Tinha 3 dias para achar, escolher e negociar. Então não foi fácil. Muitos dos nossos agendamento não retornaram. Pessoas indisponíveis, fotos que não retratavam o real estado do imóvel e outros que não atendiam nosso perfil. Especialmente, os valores de imóveis são altos na cidade em comparação com o mesmo padrão no interior.

Então, uma única corretora teve a postura de se dedicar com afinco à nossa necessidade. Ela fez diversas perguntas, analisou nosso perfil familiar e financeiro. E encontrou o apartamento em que residimos atualmente.

Outra atitude dela que talvez nem pareça muito relevante, mas para nós foi de suma importância, ela foi a única que nos levou no carro dela para visitar os imóveis. Para quem nunca esteve na cidade e por ser super difícil de achar local para estacionar aqui, isso foi uma atitude sensacional.

Tchau, sedentarismo!

Juicy Santos: Qual foi a maior mudança no estilo de vida?
Michelle: A nossa maior mudança no estilo vida até o momento foi dizer tchau ao sedentarismo. A cidade é plana e contribui bastante para hábitos saudáveis como a caminhada. Ter diversas opções na praia para o esporte contribui com certeza para uma qualidade de vida superior e redução do estresse.

www.juicysantos.com.br - morar em santos a história da michelle

Juicy Santos: O que te encanta em Santos?
Michelle: O que mais me encanta são as paisagens e o pôr do sol. Eu sou uma admiradora de fotografias e me encanto com os diversos momentos que aqui acontecem e as pessoas podem captar numa câmera. Já aconteceu de estar indo de encontro ao meu marido num final de tarde, e ao mesmo tempo, sem combinar, tirarmos uma foto da orla para encaminhar ao nosso grupo de amigos via aplicativo.

Juicy Santos: E o que te deixa não tão feliz em relação à cidade?
Michelle: O que mais me decepciona é a falta de cidadania e consciência das pessoas. Lixo sendo jogado pela janela dos carros, outros sendo deixados na praia. mesmo se não houvesse onde descartar não teria justificativa para tamanha falta de educação. E temos lixeira em vários pontos.

www.juicysantos.com.br - morar em santos a história da michelle

Uma Santos para cada estilo de vida

Juicy Santos: Qual foi a maior descoberta que você fez vindo morar em Santos?
Michelle: Bom, descobri que podemos viver as 4 estações do ano no mesmo dia… *risos*

A nossa estada aqui tem sido de descobertas e surpresas diárias. O onjunto de novos lugares, pessoas e sensações é o que nos leva ao bem estar a que tenho tamanha gratidão.

Juicy Santos: Qual é seu lugar em Santos favorito?
Michelle: A praia vai ser sempre meu lugar favorito. Porém conheci os shoppings, centro, o Emissário, Museu do Café, as igrejas (a do Embaré é uma das mais lindas em que já estive), clubes, faculdades, bares, restaurantes, feirinhas…

Existe um lifestyle para todos os tipos de pessoas em Santos.

Share Button