Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
38 anos - Santos (SP)

Internações por COVID-19 em Santos aumentam e não dá pra relaxar os cuidados

  • 3
    Shares

A conta chega.

O número de residentes de Santos internados em hospitais públicos e particulares, com sintomas de COVID-19, voltou a subir, de acordo com a Prefeitura de Santos.

Agora, há 159 santistas internados e, somando com moradores de outros municípios, o número chega a 261.

Com isso, a taxa de ocupação dos leitos de COVID-19 disponíveis está em 41%.

Nesta sexta-feira, dia 13 de novembro, chegamos a 23.951 casos de coronavírus em Santos confirmados e 721 óbitos em decorrência da doença.

Por que se preocupar com o índice de internações por COVID-19 em Santos?

Vale lembrar que o número de internações é um dos índices que norteia o relaxamento ou não das regras de abertura e fechamento de comércio, praias e serviços.

Ou seja, todas as medidas de flexibilização tomadas até agora pelas autoridades levam em consideração esse e outros dados. Eles precisam estar controlados para que não aconteça uma nova quarentena e uma segunda onda do coronavírus – sendo que nem saímos da primeira ainda.

www.juicysantos.com.br - covid-19 em santos

Portanto, todo cuidado continua sendo pouco – mesmo 8 meses depois do início da pandemia. Usar a máscara de proteção corretamente, respeitar o distanciamento e evitar aglomerações seguem sendo regras de bom senso.

De acordo com a ferramenta Santos Mapeada, o bairro com maior número de casos de COVID-19 em Santos é a Aparecida, com 1.716 casos. Em seguida, vêm Embaré, Ponta da Praia, Boqueirão e Gonzaga.

O índice de isolamento social em Santos, registrado por meio de sinal de celular, fica em uma média de 39% neste mês, entre dias de semana e fins de semana. Só para efeito de comparação, no auge da fase vermelha, bateu 59%.

Taxa de UTIs em Santos

Entre os 266 leitos de UTI, a taxa de ocupação é maior (44%). Apesar do aumento nas internações, na rede SUS, os leitos de UTI estão com ocupação de 24%, ou seja, há disponibilidade de vagas. Já na rede particular, este índice atinge 54%, com alguns hospitais próximos de atingir a capacidade total máxima.

www.juicysantos.com.br - internações de covid-19 em santos novembro de 2020

Como resultado, a Prefeitura de Santos pediu ao Governo de São Paulo e ao Governo Federal que se prolonguem convênios para a manutenção de leitos de UTI para COVID-19 nos seguintes hospitais:

  • Santa Casa;
  • Beneficência Portuguesa;
  • Vitória
  • Estivadores;
  • Complexo da Zona Noroeste.