Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Eventos sociais liberados em Santos – casamentos e formaturas incluídos

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

  • 1
    Share

Festa de aniversário no Zoom, casamentos adiados, chá de bebê delivery… Desde de março, todas as comemorações ganharam um novo formato por aqui. Mas, de acordo com o decreto 9.062 de 27 de agosto de 2020, os eventos sociais estão liberados em Santos.

Em resumo, a liberação vale para:

  • Aniversários;
  • Casamentos;
  • Formaturas;
  • Confraternizações;
  • Festas em geral.

juicysantos.com.br - Eventos sociais liberados em SantosImagem: Reprodução

Se for possível, aguarde mais um pouco para fazer a sua festa. A gente indica esperar até a situação ficar mais estável!

É claro que as coisas não serão como antes e, por isso, se faz necessário dar uma olhada nas regras antes de sair remarcando eventos.

Normas para eventos sociais liberados em Santos

Em resumo, os eventos citados podem voltar a acontecer em estabelecimentos privados da cidade. O uso de máscara é obrigatório, tanto entre os convidados quanto entre colaboradores, assim como uma série de outras regras. Entre as quais estão, por exemplo:

  • Distanciamento de 1,5 metro entre pessoas e mesas;
  • Aferição da temperatura corporal dos participantes antes da entrada;
  • Disponibilização de água e sabão ou de álcool em gel 70% para higienização das mãos;
  • Utilização de até 40% da capacidade do estabelecimento ou local;
  • Vedação à utilização de equipamentos ou aparelhos de entretenimento de uso coletivo;

De acordo com o texto, as festas podem ter o tempo máximo de 8 horas. No qual deve estar inclusa a preparação, montagem e também desmontagem de tudo. Os organizadores também deve ter uma lista de convidados por escrito, para melhor controle da ocupação.

Assim como já está acontece nos bares e restaurantes, cada mesa deve ter, no máximo, seis pessoas. Que devem ser, de preferência, da mesma família.

Se você estiver pensando em música ao vivo, é preciso verificar se o estabelecimento possui alvará para tal.