Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos
TAGs

Enem 2020: como se preparar para a prova que acontece em 2021

  • 3
    Shares

O Enem 2020 vai acontecer em janeiro e em fevereiro de 2021 por conta da COVID-19.

Se você se inscreveu para a prova, mas acabou desanimando dos estudos por conta da pandemia, a gente tem uma boa notícia para te dar. Ainda dá tempo de correr atrás do prejuízo. E, consecutivamente, conseguir uma boa nota e entrar na faculdade ano que vem.

Ficou mais animado? Então continue e leitura e arrase na prova.

Como estudar para o Enem 2020

Quem dá as dicas é mestre em Educação e professora Susanna Artonov.

De acordo com ela, para ir bem no Enem 2020, basicamente é preciso:

  • Organização;
  • Criar conexões;
  • Pensar sobre o pensar;
  • Usar as redes sociais de maneira favorável;

juicysantos.com.br - enem 2020

Ainda não está claro para você? Calma, a gente vai explicar de maneira detalhada.

Como estudar para o vestibular em casa

Apesar de estar estudando em casa, a organização é um fator crucial e que merece a sua atenção antes de qualquer outra coisa. E isso vale tanto para um cronograma de estudos quanto para um espaço físico. Aliás, Susanna assegura que ter um local da casa exclusivo para se concentrar e estudar faz diferença.

“Não precisa ser um ambiente específico para estudos. Vale, por exemplo, a mesa da cozinha. O importante é escolher um canto, arrumar só com o seu material e sempre estudar neste local”, explica.

Definiu um lugar confortável? Então pode partir para a segunda parte da organização: ter metas.

Neste sentido, a professora incentiva que os estudantes criem um cronograma de estudos com metas diárias menores. Você não precisa passar quatro horas seguidas estudando. Fracionar as horas de estudo, de acordo com a professora, ajuda a melhorar a concentração.

Em seguida, a dica é fazer conexões ao estudar. Isso significa que, em vez de memorizar, você faça associações entre as ideias. Qual a ligação da revolução industrial com o êxodo rural? Crie essas questões sempre que possível e procure explicar suas conclusões para outras pessoas. Pois, deste modo, fica mais fácil aprender.

Por fim, lembre-se de sempre avaliar o seu progresso e habilidade. Além disso, monitore cuidadosamente seu bem-estar emocional. Neste sentido, lembre-se: não é necessário se privar de nada por estar estudando. As redes sociais, por exemplo, podem ser mais um mecanismo de aprendizado.

“Siga perfis no Instagram de professores e instituições de ensino. O YouTube é repleto de canais educativos de professores que se propõem a explicar conteúdos como inglês, matemática, português, dicas de redação para o Enem, entre outros. A dica é procurar os professores que o estudante já conhece pessoalmente ou que já teve acesso por meio de materiais didáticos”.

E quando a prova chegar, dê atenção redobrada à redação e a matemática, as provas em que acertar mais gera mais resultado.