Aline Brentegani
Texto porAline Brentegani

Projeto Bike Santos

Não adianta apenas reclamar do trânsito que vem crescendo em nossa região. É preciso fazer algo para melhorar. Além do investimento nas ciclovias de Santos, que chegarão em breve a 35 quilômetros de extensão, o projeto Bike Santos trará a nossa cidade 300 bicicletas, divididas em 30 estações, gratuitas para deslocamento de usuários previamente cadastrados.

bike santos

Com o funcionamento muitíssimo parecido com as Velibs da capital francesa, as bicicletas podem ser locadas em uma das estações, gratuitamente, das 6h às 22h. A devolução deve ser feita até as 24h. O período máximo de uso é de 30 minutos e, como dissemos, o usuário precisará se cadastrar antecipadamente (ainda não foi divulgado o site para este cadastramento). Após 15 minutos, o usuário poderá novamente retirar outra bicicleta.

Até dia 25/11 serão instaladas 5 estações:

  • emissário submarino
  • canal 2
  • canal 3/Concha Acústica
  • aquário
  • ferry-boat

Outras estações já programadas são:

  • orla x canal 4/praça Santo Antônio do Embaré
  • rua Francisco Hayden (próximo ao Clube Internacional de Regatas)
  • av. Pinheiro Machado x rua Moura Ribeiro
  • av. Francisco Glicério x canal 2
  • av. Ana Costa x av. Francisco Glicério (Estação da Cidadania)
  • Sesc/rua Vergueiro Steidel
  • rua Lobo Viana (em frente à Universidade Santa Cecília)
  • praça Rebouças
  • rua Othon Feliciano

Outras 15 estações serão disponibilizadas após dois meses.

O cadastro pode ser feito no site do Bike Santos.

bike santos

Foto: Rê Sarmento

Nós do Juicy estamos animadas e esperançosas que esta iniciativa pode melhorar ainda mais nossa tão prezada qualidade de vida.

Porém, o primordial a ser mudado aqui é a mentalidade das pessoas, seja dos pedestres, motoristas, mas principalmente ciclistas, que, hoje em dia, em sua maioria, não respeitam os sinais de trânsito colocando a vida deles e dos outros em risco.

O projeto tem tudo para dar certo: a população santista torce para ver a cidade cada dia mais bonita, menos poluída e muito menos parecida com a caótica capital, afinal, não é mesmo por isso que amamos (e queremos nos manter ou voltar pra cá) tanto essa cidade?

E você, acha que esse projeto pega?