Texto porVictória Silva
Jornalista, 25 anos - Santos
TAGs

Eleições em Santos têm candidatas em mandato coletivo pela 1ª vez

  • 4
    Shares

Você já deve saber que 2020 é ano de eleições municipais, né?

Por conta da pandemia da COVID-19, as coisas serão um pouquinho diferentes neste ano. Mas, para os eleitores de Santos essa não é a única novidade. Não está sabendo? Em 2020, pela primeira vez, as eleições em Santos têm uma campanha coletiva.

Mas o que é uma campanha coletiva?

Está se fazendo essa pergunta? Calma, a gente já vai te explicar.

www.juicysantos.com.br - mandato coletivo feminino

E não precisa se achar um ignorante político por não conhecer a modalidade, tá? Essa é, de fato, uma novidade na política. Só para ilustrar, o primeiro mandato coletivo do mundo aconteceu em 2002, lá na Suécia.

Aqui no Brasil, a ideia surgiu faz menos tempo ainda: em 2016, na cidade de Alto Paraíso (GO).

Em resumo, como o próprio nome sugere, os mandatos coletivos tiram o poder de uma pessoa e colocam nas mãos de um grupo maior. Deste modo, entre outras coisas, a ideia é:

  • Ampliar a visão a respeito de projetos;
  • Aumentar a representatividade no poder;
  • Evitar que jogos políticos aconteçam;
  • Evitar a influência de interesses particulares na tomada de decisões.

E, é claro, ter mais chances nas urnas é uma questão aqui também.

Como um mandato coletivo funciona na prática

Esse modelo de política não está previsto na legislação brasileira.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) explica que o mandato é sempre pessoal e intransferível. Mas os coletivos já estão acontecendo em todo o Brasil. Nas eleições de 2019, por exemplo, dois grupos foram eleitos e atualmente trabalham na Assembleia Legislativa de SP e na de Pernambuco. Para isso, por mais que a tomada de decisão seja feita coletivamente, é necessário que exista um representante deste grupo.

Clique aqui para saber mais detalhes sobre as eleições de 2020 em Santos

Só para ilustrar, existe o vereador e “covereadores” ou deputado e “codeputados”. Entendeu?

Então se acaso você for votar num coletivo, é importante saber: na urna, o seu voto será em apenas um candidato. Já que o mandato coletivo é uma acordo entre os membros do coletivo e também com os eleitores.

Nas eleições de 2020, apenas uma campanha coletiva está acontecendo em Santos, o Marias Mandato Coletivo Feminista Antirracista.

Agora que você já sabe como essa novidade funciona, a gente quer te lembrar de que, mais do que nunca, a política precisa de renovação e de respirar novos ares.