Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Santista faz 43km na sala de casa e prova que não é preciso sair pra treinar

  • 1
    Share

O acesso à praia em Santos e região está proibido já faz algumas semanas.

Mas o volume de pessoas correndo no calçadão fez a circulação na orla ser totalmente proibida. A medida, decretada no dia 3 de abril, diz que apenas ciclistas que estão indo ao trabalho podem circular na ciclovia e fez uma galera questionar:

Mas como eu vou me exercitar?

Logo em seguida, os carros passaram a dividir a avenida da praia com pessoas correndo e caminhando. Mas, afinal, não dá para correr em casa por enquanto? Se você já está com a resposta na ponta da língua e ela é negativa, melhor repensar.

João Magalhães, atleta profissional, está respeitando a quarentena.

Só que nem por isso ele abandonou os treinos e vai perder forma. O santista corre 43 km na sala de casa. E sem esteira.

Santista corre 43km na sala de casa

Não conhece o nome do atleta? Em resumo, Magalhães é uma das grandes revelações do atletismo de Santos. O cara tem resultados incríveis. Só para ilustrar, ele se sagrou campeão e recordista da categoria solo na Ultramaratona Bertioga-Maresias 75 km e também levou a melhor na Maratona de Shimonoseki, no Japão.

Atleta mesmo, daqueles que não podem ficar parados por conta da quarentena.

Ainda assim ele está seguindo as mesmas regras que todos nós. Segundo nos contou, a sala da sua casa virou pista de atletismo e, na última semana, ele fez 43km. A maratona em torno da mesa de centro não teve intervalos e levou 3 horas 44 minutos e 44 segundos para ser completada – de acordo com o registro do GPS.

E não é a sala da Ana Hickmann, viu? Nesse vídeo, é possível ter uma ideia da quantidade de voltas que o atleta precisou dar para completar a quilometragem. Ou seja, você também pode se exercitar em casa.

“É preciso ficar em casa. Quando tudo isso acabar vamos estar todos juntos na rua”, comenta o atleta.

Ainda segundo ele, os treinos vão continuar acontecendo nos cômodos da casa até que a situação do COVID-19 se normalize. Ele pensa, inclusive, em aumentar a quilometragem e tentar entrar para o Guinness Book.

E você, como está mantendo as atividades físicas sem sair de casa?