Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

Demos um rolê de tuk-tuk em Santos e vamos te contar como é

Se você é fã dos filmes de Bollywood provavelmente já viu alguma cena com o trânsito caótico da Índia e um meio de transporte bem diferente em meio aos carros: os tuk-tuk.

Em resumo, estamos falando de triciclos (motorizados ou não) que exercem a função de um táxi. Ou seja, levam turistas e locais de um lado para o outro da cidade. Sabia que é possível viver essa experiência e passear de tuk-tuk em Santos?!

O veículo amarelo, pilotado pela santista Mariana Queija, tem feito sucesso por aqui.

E, por isso, a reportagem do Juicy Santos tirou um tempinho para fazer esse rolê. Antes de mais nada, nós já vamos adiantar: o trajeto envolveu olhares curiosos, alguns celulares apontados para o veículo e uma praticidade imensa. Em outras palavras, tem selo Juicy de aprovação!

Um tuk-tuk em Santos

Entramos em contato com a Mari pelo WhatsApp (13 – 99188-6565) e combinamos o dia, horário e local do início do passeio. Mas, também é possível falar com ela através do direct do Instagram. Ela chegou no horário combinado e uma coisa já ficou clara: por onde ela passa, se torna o centro das atenções. Isso porque uma senhora já estava pedindo o telefone e até ficou na calçada para nos ver partir.

“Olha, é sempre assim. Onde eu paro encosta alguém para perguntar o que é, como funciona e se pode tirar fotos”.

juicysantos.com.br - tuk-tuk em Santos

Respondendo a essas perguntas: pode tirar foto, sim. E o passeio pode ser turístico ou então um trecho comum da sua rotina. Quem opta pelo primeiro pode escolher a orla ou o charmoso Centro Histórico. Nós fizemos a segunda opção, como se fosse um Uber.

Na nossa experiência, fomos da Ponta da Praia ao canal 5. Mas já que era para conhecer a nova opção de transporte da cidade, estendemos o roteiro até a orla do Boqueirão. E comprovamos o sucesso do tuk-tuk de Mari. Além dos olhares constantes, o passeio é super divertido. Afinal, a carone é mais confortável do que andar de ônibus: você tem a brisa do mar como ar-condicionado e a velocidade de uma moto.

Como bônus, pode conversar com a Mari – que é super gentil e fazer umas fotos maneiras para o seu Instagram.

Como o tuk-tuk veio parar em Santos?

Assim que entramos no veículo, a dúvida apareceu: de onde surgiu a ideia de trazer um tuk-tuk para Santos?

De acordo com a piloto, essa foi uma opção que surgiu após o desemprego.

Mariana trabalhava como auxiliar de escritório em uma imobiliária e, após a demissão, decidiu empreender. Primeiramente, abriu um box em uma galeria para vender bijuterias com a mãe. O negócio não deu o resultado esperado. E, por isso, ela foi para a internet pesquisar outras opções de negócios. Foi assim que decidiu trazer o tuk-tuk para Santos.

“Usei o dinheiro da minha rescisão e vendi a moto que tinha para juntar o dinheiro necessário para a compra. Aí comecei levando a minha mãe em eventos. E, quando o pessoal peguntava, eu dava o meu telefone e apresentava o serviço. Até que o boca a boca começou a trazer mais e mais clientes”.

Além dos passeios como o que nós fizemos (e amamos), ela também já recebeu pedidos para chegada de noivas, festas temáticas, levou um Papai Noel e até faz divulgação de empresas. Mas, na rotina do tuk-tuk em Santos, uma coisa é certa: Beatriz, 6 anos, vai e volta da escola com ele.

“Conheci a Mari em um evento. Depois de um tempo, vendi meu carro e, por isso, combinei com ela de levar a Bia todos os dias na escola. Desde então, tem sido assim e é ótimo. Além de a Mari ser extremamente pontual, ela é gentil, cuidadosa no trânsito e super educada. A Bia ama, pois onde passam todos olham e ela acha o máximo”, comenta a mãe, Luciane Lander.

Quanto custa dar um rolê de tuk-tuk em Santos

Gostou da ideia e quer passear de tuk-tuk em Santos?

Pois então pode salvar o número da Mari e começar a segui-la no Instagram. Os valores do passeio são a cereja do bolo! Para fazer um trecho como nós, você paga R$ 10 para uma pessoa e R$ 15 para duas – se acaso for para São Vicente ou Zona Noroeste, o valor varia. Já quem quer turistar pela cidade paga R$ 30 para conhecer a orla ou R$ 35 para passear pelo Centro Histórico.

juicysantos.com.br - tuk-tuk em Santos

Vale dizer que ambos os passeios têm duração entre 60 e 90 minutos. Neste tempo, está inclusa uma parada para fotos. O tuk-tuk comporta bem dois adultos e uma criança.

Lembre-se de agendar o seu rolê com 24 horas de antecedência. Porque Bia e outros clientes não podem se atrasar.

Bom passeio 🙂