Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
37 anos - Santos (SP)

Um Martíni com o Diabo: o livro de tirar o fôlego de Claudia Lemes

Os bastidores da máfia sempre provocaram muita curiosidade e fascínio nas pessoas. E, então, as obras da cultura pop que abordaram esse assunto se transformaram em clássicos instantâneos a partir dos anos 1970, com O Poderoso Chefão.

Aliás, fica impossível escrever um texto falando sobre máfia e não lembrar desse verdadeiro marco do cinema, cujo romance original tem autoria de Mario Puzo.

Mas, depois da trilogia, vieram Scarface, Os Bons Companheiros, Os Infiltrados e tantos outros.

Agora, uma escritora santista traz sua versão de uma história de violência, vingança e sedução em um livro policial de perder o fôlego.

um martini com o diabo - claudia lemes

Um Martíni com o Diabo é a segunda publicação de Claudia Lemes pela Editora Empíreo – o primeiro, Eu Vejo Kate: o despertar de um serial killer (2015), recebeu elogios merecidíssimos aqui no Juicy Santos. O personagem principal, Charlie Walsh, porém, já existia em textos que saíram de forma independente, na chamada trilogia Woodsons.

Em clima noir, o livro conta como Walsh se infiltra na máfia italiana em Las Vegas para matar seu pai, um dos chefes da entidade criminosa, Tony Conicci.

Como leitor, você presencia a motivação inicial de Charlie, conhece sua relação com a mãe e, depois, com o pai, e segue essa história ao longo das 333 páginas em tensão constante perante o protagonista.

Por que ler Um Martíni com o Diabo

Estou falando sério e faço um alerta: desmarque os compromissos e tire as crianças da sala, porque depois de começar Um Martíni com o Diabo, vai ser difícil largar o livro até chegar ao fim.

um martini com o diabo - claudia lemes

Claudia mantém o ritmo acelerado O TEMPO TODO, não deixando cair a cadência da história ao longo dos capítulos. Também merece destaque sua construção dos personagens, pois eles estão sempre em uma zona cinzenta entre o bem e o mal, nunca definitivamente mocinhos, nem 100% bandidos.

Assim como em Eu Vejo Kate, a autora não poupa o público de cenas fortes e violentas. E os fãs da sua literatura, como eu, adoram isso!

um martini com o diabo - claudia lemes

Claudia Lemes

A escritora nasceu aqui na cidade e se mudou, ainda pequena, para os EUA. Morou no Egito, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Além de escrever, iniciou, neste ano, o projeto Serial Chicks, um canal no YouTube pra falar, junto com a com a psicanalista e escritora Paula Febbe, de um dos seus temas favoritos: serial killers.

Foi destaque no mês de março no evento Mulheres Que Causam, promovido pelo Juicy Santos.

Compre Um Martíni com o Diabo na Amazon