Flávia Saad
Texto porFlávia Saad
37 anos - Santos (SP)

Lyarah Live mistura pop com música erudita

Conheça a santista Lyarah, que juntou música erudita com pop eletrônico tocando violino.

Você já deve ter visto algum dos vídeos da violinista Lyarah na sua timeline: ela tocou Paradinha, da Anitta, e bombou, chegando a mais de 175 mil views apenas no Facebook.

No dia seguinte da estreia da sétima temporada de Game of Thrones, arrasou com uma versão da trilha sonora da abertura da série em frente às muretas da orla.

lyarah-live1

Aos 24 anos, Lyarah (ou Stephanny Luize dos Santos Lopes Correia) está apenas começando, mas já mostra a que veio.

Seu empenho e dedicação a democratizar a música erudita aqui na cidade impressionam mesmo quem acompanha a cena musical há muitos anos, como a gente aqui da equipe do Juicy Santos.

Por isso, fomos conversar com a moça pra saber mais sobre ela e seu projeto, o Lyarah Live.

Ela conta que caiu “de paraquedas” no instrumento que hoje é seu companheiro inseparável.

“Comecei a tocar aos 14 anos, quando uma amiga me apresentou o Instituto Grupo Pão de Açúcar, que tem cursos gratuitos de música. Como era de graça e meu irmão estava começando a tocar o violão, eu quis aprender a fazer um barulho também. Estudei durante 5 anos no instituto, enquanto fazia aula particular de violino com o professor Edmur Vianna, que na época era concertino dos segundos violinos da Sinfonica Municipal de Santos”.

Em seguida, ela entrou na Orquestra Jovem da UniSantos e na Orquestra do Porto de Santos. Hoje, estuda na Escola Municipal de Música de São Paulo, onde tem aulas com a professora Márcia Fukuda.

Lyarah pratica todos os dias, seja na escola de música, nos ensaios da Orquestra Jovem Municipal de SP ou para os seus live shows. A rotina divide-se entre o violino acústico (erudito) e o elétrico (usado para os arranjos e gravações das covers).

Lyarah Live no YouTube

Curiosamente, o projeto nasceu por influência da mãe da musicista.

“Ela me pedia pra tocar violino pras amigas dela e sempre dizia ‘toca algo diferente, toca Anitta’. Isso me motivou a levar as versões pra rua”, conta.

Nessas performances, as músicas atuais sempre geravam uma resposta mais positiva do público, que já conhecia as melodias e se identificava com o instrumento, mesmo que ele parecesse tão distante delas.

www.juicysantos.com.br - violinista lyarah

As escolhas das faixas vêm do gosto pessoal de Lyarah: ela é super fã de Ariana Grande e, claro, de Anitta. No canal do YouTube, tem, ainda, Pablo Vittar e até MC Kevinho.

“Notei que poucas pessoas faziam isso e quem fazia não tinha uma preocupação com arranjo ou figurino, só executavam a música do jeito que era. Então, comecei a fazer improvisações, a estudar cada música, até ficar com um som gostoso de ouvir”.

A namorada Mayra, que atua como assessora, fotógrafa e videomaker, também ajudou muito a desenvolver o conceito dos vídeos.

“Ela me incentivou e topou executar as ideias mais malucas que eu tenho, como gravar uma música da Anitta em plena Ana Costa num sábado à tarde (risos). Ela está nos bastidores, mas merece todos os aplausos que eu recebo, porque, sem ela, talvez o Lyarah Live nem existisse. Ah, e me avisa quando meu cabelo está bagunçado no vídeo!”.

Paradinha foi o verdadeiro divisor de águas na carreira de Lyarah. Ela foi dormir na sexta-feira e acordou no sábado com 24 mil visualizações. Seu celular até travou de tantas notificações das redes sociais! Hoje, as pessoas param ela na rua, pedem fotos e elogiam o trabalho.

Agora, Lyarah mira alçar voos mais altos: quer fazer faculdade de bacharel em violino fora do Brasil.