Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Sábado é dia de live santista em prol da Tia Egle e Helpp

Clique aqui e confira também nosso tema da semana

  • 1
    Share

Saudades de almoçar num restaurante com música ao vivo?

A gente também está. Por isso, ficamos alegres em saber que no próximo sábado, 1º de agosto, vai rolar uma live santista em prol da Tia Egle e Helpp. O evento, organizado pelo restaurante Pedra Baiana da Aparecida, promete ser tão legal quanto se você estivesse em uma das mesas da casa.

Sobre a live santista em prol da Tia Egle e Helpp

A partir das 20 horas, o público poderá curtir artistas da região ao vivo no Youtube. Entre as atrações divulgadas, estão:

  • Leozinho (MPB);
  • Felipe Streparava (sertanejo praiano);
  • Vânia Rodrigues (MPB);
  • Sandro e Adriano (sertanejo).

Já que a live é beneficente, existem três maneiras de ajudar as instituições Tia Egle e Helpp.

juicysantos.com.br - live santista em prol da Tia Egle e Helpp

A primeira, e mais saborosa, é pedir o seu petisco para assistir à live no Pedra Baiana. Pois parte da renda arrecadada irá para as duas entidades.

Quem preferir pode doar itens de higiene pessoal – como sabonetes, papel higiênico, escovas de dente, etc – deve entregar no restaurante até a data da live. Por fim, o evento tem um perfil no PicPay (Pedra Baiana Live Solidária), no qual é possível fazer doações em dinheiro.

“Entendemos que o momento é bem delicado e que muitos necessitam do nosso apoio. Uma simples atitude pode mudar o dia de alguém”, explica Angelica Carregosa, sócia do restaurante.

Vale lembrar que, na hora da live, o restaurante terá apenas o delivery funcionando 🙂

Sobre os beneficiados

Em resumo, o Projeto Tia Egle atende crianças e adolescentes moradoras dos bairros Jardim Rádio Clube e Jardim Castelo, ambos na Zona Noroeste de Santos. Lá, acontecem ações socioculturais e socioesportivas, em sistema de contraturno escolar.

Já a Helpp tem o objetivo de acolher e abrigar crianças de toda a Baixada Santista que foram violentadas sexualmente e mães com filhos vítima de violência doméstica. O espaço prioriza o atendimento imediato da população em situação de vulnerabilidade.