10 motivos pra não perder o Santos Jazz Festival

Shows gratuitos, oficinas, food trucks e Encontro de Criadores: tudo isso vai rolar no Santos Jazz Festival.

E o mês de julho, que foi super agitado aqui em Santos, se encerra com chave de ouro com um dos eventos mais aguardados do ano: o Santos Jazz Festival.

Anunciamos aqui em junho a programação e muita gente curtiu, compartilhou e comentou nas redes sociais, uma prova de que essa festa musical já mora no coração dos santistas e turistas.

header-santos-jazz-festival

Nós, aqui no Juicy Santos, estamos ansiosas pra que o fim de semana chegue logo e a gente possa curtir junto com vocês os shows do Santos Jazz Festival.

Por isso, preparamos uma lista com várias coisas bacanas que prometem surpreender o público entre os dias 27 e 30 de julho.

www.juicysantos.com.br - divazz tributo às divas do jazz no santos jazz festival

10 motivos pra não perder o Santos Jazz Festival

1 – É grátis!

São 17 apresentações gratuitas, sendo que a abertura acontece no Sesc Santos na quinta-feira (27 de julho), com retirada de ingressos, e os outros no espaço Arcos do Valongo. Para sexta-feira, sábado e domingo, basta chegar e aproveitar a música – não é preciso pegar convite!

2 – O tradicional encontra a inovação

Traditional Jazz Band (que faz o show de encerramento) e os tributos a Baden Powell e às divas do jazz se mesclam na programação do Santos Jazz Festival a nomes super contemporâneos da nova música brasileira, como Liniker, Blubell e Ellen Oléria.

www.juicysantos.com.br - santos jazz festival

3 – Mulheres no topo

O tema deste ano remete ao poder feminino nas origens do jazz – não é pra menos, já que as grandes vozes desse gênero são de mulheres.

Pra abrir a festa, tem a banda Divazz com um repertório preparado exclusivamente pro Santos Jazz, com Ella Fitzgerald, Nina Simone, Billie Holiday, Aretha Franklin, Esperanza Spalding, Madeleine Peyroux e outras grandes intérpretes.

Outro destaque vai para Blubell Canta Madonna. Com seu quarteto, a cantora traz a rainha do pop com roupagem jazzística.

A programação, como um todo, priorizou as mulheres e esses espetáculos prometem grandes emoções.

4 – Pratas da casa

www.juicysantos.com.br - igor wilcox 4tetFoto: Zé Cintra

Nomes da região, como Carla Mariani, Igor Wilcox (foto) e 4tet, o projeto Komboio Cultural e o consagrado maestro santista Roberto Sion estão entre os artistas locais que merecem nossos aplausos durante o Santos Jazz Festival.

5 – Eventos paralelos

A agenda de programação paralela aos shows inclui exposição de carros antigos, Cine Arte Santos Jazz, jazz na barca Santos-Vicente de Carvalho e intervenções musicais no almoço e happy hour de sexta-feira nos restaurantes do Centro com o grupo The Jazz Brothers, além de oficinas com músicos do naipe de Nuno Mindelis,  Gus Conde e Thiago Espírito Santo.

Também serão lançados o livro Blues – The Backseat Music, do jornalista santista Eugênio Martins Jr e o CD do músico santista Igor Willcox e seu quarteto.

Os fãs da fotografia poderão participar da promoção promovida pelo Santos Jazz em parceria com a página TUMobgrafia. As cem melhores fotos tiradas por celular durante o festival serão exibidas no Cine Roxy do Shopping Pátio Iporanga no dia 7 de agosto, a partir das 20 horas. Dos 100 participantes, 5 serão sorteados e premiados pela direção do festival.

6 – O charme do Centro

Fora o show de abertura, todos os outros acontecem nos Arcos do Valongo, um local novo no Centro Histórico que fica ao lado da Estação de Bonde do Valongo, da Igreja do Valongo e do Museu Pelé.

O espaço também fica bem próximo ao maravilhoso prédio da Bolsa do Café e da Casa da Frontaria Azulejada.

Como verdadeiras apaixonadas pelo Centro, a gente garante: não vão faltar imagens lindas pros cliques do Instagram…

7 – Tema incrível

Além das mulheres, que já citamos lá no item 3, a diversidade e o combate ao preconceito serão recorrentes nos palcos do SJF.

www.juicysantos.com.br - santos jazz festival 2017

Liniker e os Caramellows e Ellen Oléria e banda levantam a bandeira da diversidade de gêneros, racial e social e de respeito às diferenças entre as pessoas.

Que coisa linda!

8 – Atrações internacionais

Entre as atrações internacionais, tem o blues de do gaitista Aki Kumar Blues Band (Califórnia, EUA), Alba Santos (Espanha) e Jes Condado & Lucia Spivak (Argentina).

9 – Ecletismo e diversidade

Com uma curadoria certeira e antenada, o Santos Jazz Festival movimenta a cena cultural santista, trazendo não só shows de fora, mas apostando também na força da cultura da Baixada Santista e na diversidade da música brasileira.

10 – Cultura, gastronomia e diversão pra todo mundo

O Arcos do Valongo é um espaço super amplo e, por isso, esse ano a organização conseguiu reunir no mesmo local outras atrações pra acompanhar o festival, como 15 food trucks de vários tipos, food bikes, espaço kids com monitores, maker space com impressora 3D, bazar cultural do Encontro de Criadores e outras surpresas que você vai conhecer lá no dia.

Veja a programação completa do Santos Jazz Festival

Quinta-feira (27 de julho)

21 horas
Abertura do Santos Jazz Festival, com Divazz em um tributo às divas do jazz, com participação de Rosa Marya
Retirada de ingressos gratuitos a partir das 11 horas no Sesc Santos – máximo de 2 ingressos por pessoa

Sexta-feira (28 de julho)

Meio-dia às 14 horas: Street Jazz Band nos restaurantes do Centro Histórico
17 horas: jazz na barca Santos/Vicente de Carvalho

Arcos do Valongo

18 horas: Festival Food Truck Official + Encontro dos Criadores
19 horas: Rosa Marya & Banda Jazzileira
20h30: Saravá: 80 anos de Baden Powell – Quizumba Latina & Lucia Spivak (Argentina)
22 horas: Aki Kumar Blues Band (USA)
23 horas: Liniker e os Caramelows

Sábado (29 de julho)

Estação do Valongo
9 horas: 6° Valongo Motor Classics – exposição de carros antigos
Meio-dia: Komboio Cultural

Arcos do Valongo
13 horas: DJs Santos Jazz + + Festival Food Truck Official + Encontro dos Criadores
15 horas: Escola Simonian in Concert
17 horas: Carla Mariani & Banda – Tributo às Divas do Jazz & Blues
18 horas: Lançamento do livro Blues – The Backseat Music, do jornalista e produtor Eugênio Martins Júnior
18h30: Thiago Espírito Santo & Silvia Goes convidam Alba Santos (Espanha)
20 horas: Igor Willcox 4tet
21h30: Blubell & Banda canta Madonna
23 horas: Ellen Oléria & Banda

Domingo (30 de julho)

Arcos do Valongo
13 horas: DJs Santos Jazz + Festival Food Truck Official + Encontro dos Criadores
14h30: Orquestra de metais da Banda Marcial de Cubatão com clássicos do jazz
16 horas: Dolores in Blues
17 horas: Jes Condado & Banda (Argentina)
18h30: Roberto Sion & Anaí Rosa
20 horas: encerramento com a Tradicional Jazz Band

Eventos paralelos do Santos Jazz Festival

Sexta-feira, sábado e domingo (28 a 30 de julho)

Cine Santos Jazz no Cine Arte Posto 4
Sessões das 18h30

Sábado e domingo (29 e 30 de julho)

Bonde Arte Santos Jazz com Caio Mesquita
Às 15 e às 17 horas
Ingressos: R$ 6,50 com venda antecipada a partir de 26/7 no Museu Pelé ou R$ 3,25 (meia)

Oficinas do Santos Jazz Festival 

Sexta-feira (28 de julho)
16 horas
A arte de Nuno Mindelis

Sábado (29 de julho)
14 horas
Bateroterapia com Gus Conde

Domingo (30 de julho)
11 horas
Improvisação, com Thiago Espírito Santo

As oficinas acontecem no auditório do Museu Pelé e as inscrições para as oficinas (total de 80 vagas para cada uma) devem ser feitas pelo e-mail [email protected]gmail.com.

Locais do 6º Santos Jazz Festival

Arcos do Valongo: Rua Comendador Neto, 9, Valongo – Centro Histórico de Santos
Auditório do Museu Pelé: Largo Marques de Monte Alegre, s/n, Valongo
Sesc Santos: Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida
Cine Arte Posto 4: Av. Vicente de Carvalho, s\n, Boqueirão