07/11/2018 Por Victória Silva Agenda de Santos e região

10 eventos para celebrar a consciência negra em Santos

Dia 20 de novembro é o Dia da Consciência Negra.

Por essa razão, Santos terá uma vasta programação que busca promover a cultura afrobrasileira nos próximos dias. Serão 10 eventos, além de outras iniciativas que devem surgir, para incentivar o diálogo sobre igualdade racial, defesa de direitos para a população negra e também sobre o combate à discriminação e a intolerância.

Então, já anota na sua agenda: vai ser entre os dias 7 e 29 de novembro.

juicysantos.com.br - Eventos para celebrar a consciência negra em SantosImagem: Kal Loftus para Unsplash

Para alcançar o máximo de pessoas, os eventos para celebrar a consciência negra em Santos acontecem em vários pontos da cidade e buscam dialogar com diferentes públicos. Haverá, por exemplo, palestras, seminários, passeios étnicos, eventos religiosos e também a tradicional entrega do troféu Zumbi dos Palmares.

“É um mês que visa não apenas evidenciarmos traços da cultura afrobrasileira em nossa cidade, mas também dar conhecimento de políticas públicas voltadas a esse tema”, explica o presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra, Ivo Miguel Evangelista Santos.

Pra celebrar e se engajar, se liga na lista que o Juicy Santos preparou para este mês de novembro.

Eventos para celebrar a consciência negra em Santos

1. VI Seminário para as infâncias
Tema: Desafios na Primeira Infância – novas perspectivas na relação entre diversidade e educação
Quando: 7 de novembro (quarta), das 14 às 16 horas
Onde: Sesc Santos

2. 1ª Feira Afrosantos de Empreendedorismo
Quando: 10 de novembro (sábado), das 13h às 21 horas
Onde: Praça Caio Ribeiro Moraes e Silva (em frente ao Sesc)

3. 1ª Marcha da Consciência Negra Evangélica de Santos
Tema: Somos Livres! 100 Racismo, preconceito, discriminação racial e intolerância religiosa
Quando: 10 de novembro (sábado), das 19h às 22 horas
Onde: Sambódromo, Av. Afonso Schmidt s/nº, Areia Branca

4. Roteiro Étnico com alunos da Escola José Bonifácio
Quando: 13 de novembro (terça), às 19 horas

5. Cerimônia religiosa em comemoração ao dia nacional da Umbanda
Quando: 15 de novembro (quinta), às 11 horas
Onde: Jardim Botânico

6. 2º Pentecostal Juvenil Afro-brasileiro
Tema: O Amor de Deus foi expressado e manifestado a todos os Congresso homens
Quando: 17 de novembro (sábado), das 19 às 22 horas
Onde: Sambódromo, Av. Afonso Schmidt s/nº, Areia Branca

7. Tributo a Zumbi dos Palmares
Quando: 20 de novembro (terça), às 10h30
Onde: Praça Palmares, Av. Afonso Pena – Canal 4

8. Fórum de Acompanhamento da Lei 11645/2008.
Quando: 21 de novembro (quarta), às 15 horas
Onde: Auditório da Secretaria de Educação

9. Entrega do Troféu Zumbi dos Palmares
Quando: 22 de novembro (quinta), às 19 horas
Onde: OAB – Santos, Praça José Bonifácio, 55

10. II Encontro das Escolas Públicas pelo Respeito ás Diferenças
Quando: 29 de novembro (quinta), das 7h30 às 12h e das 13h às 17 horas
Onde: Unisantos, Av. Conselheiro Nébias, 300

Também tem evento no Museu do Café

Além disso tudo, também tem programação do Museu do Café. Por lá, rolam oficinas, contação de histórias, roda de conversa e dança. A programação está marcada para os dias 20, 23 e 24 de novembro e é totalmente gratuita. Se interessou? Então coloque na sua agenda:

  • Workshop Matintah e os Bonecos do Brasil, dia 20 (terça), às 15 horas
  • Roda de conversa História da Música Popular Brasileira, dia 23 (sexta), às 14 horas
  • Oficina Raízes Africanas: entre o contar e o brincar, dia 24 (sábado),  às 15 horas

Embora a participação seja gratuita, há a necessidade de inscrição em cada uma das atividades. Para aderir ao workshop Matintah e os Bonecos do Brasil, é preciso se cadastrar no e-mail [email protected]. Já quem deseja garantir uma vaga para o restante das atividades, deve entrar em contato pelo [email protected].

Mas por que Consciência Negra?

Se você é uma daquelas pessoas que sempre questiona a legitimidade do Dia da consciência Negra, nós vamos tentar te explicar. Em resumo, a data foi escolhida por ser o dia da morte de Zumbi – que lutou contra a escravidão no Brasil. Mas, mais do que isso, o objetivo principal está em lembrar a importância de refletir sobre a posição dos negros na sociedade, pois os casos de racismo ainda existem aos montes, correto?

Apesar desta breve explicação, a melhor forma de entender é ir a uma dos eventos ou simplesmente conversar (desde que aberto a mudar de pensamento) com alguém que tenha vivência no assunto 🙂

Share Button