Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos

Silvio Fiuza é santista e precisa da sua ajuda – conheça a história

  • 1
    Share

O dia 23 de agosto mudou a vida de Silvio Fiuza.

O santista, que há cerca de três anos trabalhava como motorista de aplicativo, sentia as costas doerem há alguns dias. Nessa data, o incômodo se acentuou e ele pediu para que a esposa o acompanhasse até o pronto socorro.

Ainda na rua, veio o desmaio. E, então, 15 dias na UTI, uma cirurgia e mais 15 dias internado.

Aos 63 anos, ele foi vítima de um aneurisma na principal veia do coração. O problema acarretou na inflamação da medula e, como consequência, Silvio perdeu os movimentos da cintura para baixo.

“Eu sempre fui muito ativo. Joguei futebol no Santos FC na juventude, trabalhei em banco por 21 anos, tive uma loja e, mais recentemente, atuava como motorista. Por conta desse problema, não estou podendo trabalhar”.

juicysantos.com.br - Silvio FuizaImagem: Divulgação

Sem sua renda mensal e com os gastos da casa multiplicados algumas vezes, os filhos começaram a ajudar. Só que, ainda assim, estava difícil manter os custos do tratamento.

Aí eles fizeram uma campanha online

A vaquinha tem como objetivo arcar com os custos mensais com:

  • Cuidadora;
  • Fisioterapeuta;
  • Consultas médicas;
  • Remédios e fraldas.

Silvio conta que, incialmente, se opôs a ideia. Mas, em dado momento, foi convencido pelo filho mais velho, que assumiu a dívida do carro com o qual o pai trabalhava e também ajuda como pode -, assim como o mais novo.

Conheça a Sharity, plataforma de crowdfunding social com membros de Santos

A meta da campanha é arrecadar R$ 50 mil. Em pouco mais de uma semana, metade do valor já foi conquistado e ele conta que já está sendo utilizado no tratamento.

Aliás, Fiuza já está recuperando o movimento dos pés.

“Os médicos disseram que nunca viram ninguém sobreviver a esse problema que eu tive com poucas sequelas”, conta confiante.

Para esse resultado, as sessões de fisioterapia são diárias. Além disso, uma enfermeira cuidadora trata das feridas e administra as medicações. O gasto para ambos os serviços é de mais de R$ 220 diariamente.

Ajude o Silvio Fiuza

Se você quer ajudar o Silvio a seguir fazendo o tratamento e tendo resultados, é só colaborar com a vaquinha virtual (clique aqui).

Ajude a construção da casa da Vó Lizete a acontecer

A campanha não tem valor mínimo. Você pode contribuir com qualquer quantia e pegar no cartão de crédito ou então no boleto bancário ou transferência.