Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 23 anos - Santos

Realizando sonhos de Natal no Lar de Amparo Vovó Walquíria

“Muita gente acredita ser lei que as pessoas mais velhas ensinem os mais novos, mas eu posso te garantir que não é. Hoje vocês deram uma lição pra gente. Eu, quando jovem, nunca imaginei fazer algo desse tipo. Muito obrigado por lembrar de nós, que fomos esquecidos”.

Essas foram algumas das palavras que ouvi durante a entrega de presentes de Natal no Lar de Amparo Vovó Walquíria, em São Vicente.

Pra quem não lembra, tudo começou com uma ideia da equipe do Juicy Santos, que já estava circulando pelas redes sociais em iniciativas similares em outras cidades do país, como Itajaí (SC).

Escolhemos uma entidade que acolhesse idosos, fomos até ela e perguntamos aos residentes o que eles queriam ganhar no Natal.

Em algumas horas (!), um monte de gente entrou em contato com a gente e se mobilizou pra realizar esses sonhos. Levamos pouco mais de 15 dias pra conseguir a maior parte das doações.

No dia 17 de dezembro, retornamos ao lar para entregar esses mimos a eles.

Quando as palavras não são o bastante

Apesar da dificuldade de se comunicar, Rivaldo (que havíamos chamado de Lourival), e todos os outros, fizeram questão de agradecer pelos presentes que receberam no último sábado: quando as palavras não eram suficientes, os sorrisos e olhos brilhantes davam o recado. Sentiram-se amados, a cada vez que ouviam seus nomes e recebiam mais uma sacolinha.

Todos ganharam mais de um presente. Cada um recebeu, em média, três diferentes.

entrega de presentes

Foi doce, inspirador e poético ver que os que foram mais presenteados não hesitavam em dividir com os outros, em especial com o senhor recém-chegado que não estava em nossa lista.

Emocionou também ver a simplicidade. Raimundo, que pediu um perfume, tem agora uma coleção de aromas. Sorridente, disse que esperava receber algo simples, um desodorante apenas e, por várias vezes, agradeceu pelo carinho.

Ana Vita e Zezé ganharam sapatos. A primeira recebeu duas sapatilhas e definiu: uma delas serviria para ir “para o baile”. Mas, como não frequenta mais a gafieira, usará nos finais de semana.

Já Zezé contou que desde que chegou ao lar espera a visita do irmão, que a prometeu uma sandália. Sorridente, disse que agora terá opções para escolher.

Os corredores ficaram mais musicais, pois Ana Maria e Cláudio tão logo receberam os presentes, colocaram as pilhas e saíram cantarolando.

Elsa, Joselina, Lourdes e Maria seguiram espalhando felicidade e cor pelos cômodos da casa. Receberam bijuterias e nem esperaram a ceia de Natal: para elas, todo dia é dia de se vestir bem.

entrega de presentes

E o cuidado foi igual com cada presente recebido. Os que não começaram a usar naquele momento, guardaram com cuidado em seus guarda-roupas ou bem pertinho de si, embaixo do lençol ou travesseiro, para ler as cartinhas e olhar mais uma vez o desejo de Natal realizado.

Quando achamos que não havia mais como nos emocionar, Sérgio agachou para entregar o par de alianças a sua namorada, Zezé. Ela sorriu, piscou e mostrou que todo o amor do mundo cabe no Lar de Amparo Vovó Walquíria.

Tudo isso aconteceu ao som de um celular ligando e desligando, já que o Tino não parava de mostrar o aparelho que ganhou para os companheiros de quarto. A tarde de festa e alegria foi devidamente registrada pelo novo fotógrafo da casa.

Nossos agradecimentos

Viver essas tardes – quando fomos conhecer os desejos e quando voltamos para realiza-los – foi algo enriquecedor.

Precisamos agradecer, em primeiro lugar, à diretoria da casa que acreditou na nossa ação e aos idosos que nos receberam tão bem e nos convidaram para fazer parte de suas rotinas (nós voltaremos!).

Também queremos agradecer também a cada leitor do Juicy Santos, desde os que apadrinharam um idoso até os que marcaram os amigos no nosso post quando divulgamos a ideia. O número de presentes excedeu – e muito! – as nossas expectativas.

entrega de presentes

Toda nossa gratidão à professora Cristiane Guapo, que  doou itens suficientes para montarmos 23 kits de higiene (com sabonete, creme dental e escova de dentes), além de lenços umedecidos, itens para reposição e vários livros.