Victória Silva
Texto porVictória Silva
Jornalista, 24 anos - Santos
TAGs

Santos está na fase verde do Plano SP: o que muda a partir de agora?

  • 1
    Share

Notícia boa para os quarenteners de plantão: Santos está na fase verde do Plano SP.

Aliás, todas as cidades da Baixada Santista avançaram no combate ao coronavírus. O que isso significa? Em resumo, estamos agora a um passo de voltar ao normal – que é a fase azul (ainda com medidas de higiene e distanciamento).

Santos está na fase verde do Plano SP: o que muda?

De acordo com as regras estabelecidas pelo Governo do Estado de São Paulo, na fase verde, novos setores podem voltar a funcionar. Além disso, aqueles que já estavam funcionando passam a poder receber um número maior de pessoas ao mesmo tempo.

www.juicysantos.com.br - baixada santista na fase verde do plano sp

Entre as mudanças permitidas a partir de agora, estão:

  • Eventos para até 600 pessoas (não inclui festas);
  • Ocupação de até 60% em shoppings, academias, salões de beleza e outros estabelecimentos;
  • Aumento de 8 para 12 horas de funcionamento nos mesmos;

Vale lembrar que, em Santos e em São Vicente, os cinemas já voltaram – assim como as escolas particulares. Se você quiser saber as regras para ambos, é só clicar aqui e aqui para conferir 🙂

Regressões podem acontecer

A flexibilização aconteceu por conta dos índices da região no último mês quanto ao seguintes fatores:

  • internações;
  • ocupação das UTIs;
  • óbitos.

Segundo as informações do Governo do Estado, por aqui, a taxa de ocupação das UTIS é de 26,4% e existem 22,3 leitos para cada 100 habitantes.

Apesar do avanço, a atenção e o cuidado devem continuar nas próximas semanas.

O vírus continua no ar e uma nova onda de contágio pode acontecer – o caso da Espanha é um bom exemplo disso.

A mudança para a fase verde aconteceu após um mês de estabilidade nos números da COVID-19 aqui na região. Mas, se houver aumento na ocupação das UTIs, a região pode voltar para a fase vermelha imediatamente.

Cadê a vacina do coronavírus? Clique para entender o que falta para a imunização

Por isso, o uso de máscara segue sendo obrigatório. Assim como o distanciamento, aferição da temperatura e higienização das mãos.